A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

22/10/2014 16:20

Sem acordo, sindicato e Eldorado farão reunião com o Ministério do Trabalho

Priscilla Peres

Terminou sem acordo, mais uma reunião entre o sindicato que representa trabalhadores da indústria da celulose e a Eldorado Brasil realizada na manhã de hoje. A empresa se dispôs a conceder reajuste de 7% a seus funcionários que por sua vez, pedem 8,33% de aumento. Uma última reunião foi marcada para a próxima semana.

Veja Mais
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas
Pajero com 5 passageiros sai da pista, capota e “sobe” em poste de energia

O Sititrel e a Eldorado Brasil terão uma mesa redonda intermediada pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) na próxima semana. Após essas tratativas o sindicato tomará outras providências. “Precisamos esgotar todas as possibilidades de negociação para movermos uma ação mais radical. Essa será a última antes de recorrer a Justiça”, explicou Almir Morgão, presidente do sindicato.

A empresa por intermédio de seu presidente, José Carlos Grubisich, salientou que o percentual pretendido pela categoria não corresponde o que a indústria está disposta a pagar. E o sindicato afirma que continuará conduzindo os processos de negociação.

A negociação se estende há 3 meses e nenhum acordo foi acertado entre as empresas Fibria, Eldorado Brasil, International Paper e o Sindicato da categoria. Os trabalhadores pedem um reajuste de 8,33%, mas as indústrias aceitam pagar, apenas, 7%.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions