A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

14/04/2012 11:42

Sem-terra invadem fazenda às margens da MS-134, em Batayporã

Wendell Reis
Invasões fazem parte das atividades realizadas no período chamado de “Abril Vermelho”(Foto: Nova News/Almir Portela)Invasões fazem parte das atividades realizadas no período chamado de “Abril Vermelho”(Foto: Nova News/Almir Portela)

Cerca de 250 famílias ligadas ao MST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra) invadiram neste sábado (14) a Fazenda Boa Esperança, localizada às margens da rodovia MS-134, há cerca de 10 quilômetros da sede do município de Batayporã.

Veja Mais
Motorista embriagado atropela ciclista e foge sem prestar socorro
Rapaz foge de policial a paisana e abandona mochila com 18 kg de droga

Os manifestantes revelaram que as invasões fazem parte das atividades realizadas no período chamado por eles de “Abril Vermelho”. Segundo o site Nova News, os acampados estão com uma série de reivindicações que serão encaminhadas na segunda-feira (16) ao INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária).

Os sem-terra revelam que não há prazo para que a fazenda seja desocupada. No ano passado, 300 famílias de sem-terra ocuparam a Fazenda Primavera, também em Batayporã. Neste período, eles permaneceram no local por diversos dias e só saíram após várias negociações.

O “Abril Vermelho” recebe este nome por conta da tragédia ocorrida em abril de 1996 no Pará, quando 22 pessoas morreram no chamado “Massacre de Eldorado dos Carajás”. Na ocasião, 2500 pessoas seguiam em marcha de Marabá a Belém, quando foram bloqueados por policiais, iniciando um confronto.

Motorista embriagado atropela ciclista e foge sem prestar socorro
Guinovaldo Aguiar Gama, de 53 anos, foi preso em flagrante depois de ter atropelado um ciclista na região central de Itaporã, 227 quilômetros de Camp...
Rapaz foge de policial a paisana e abandona mochila com 18 kg de droga
Homem fugiu deixando uma mochila com 18 quilos de maconha, depois de ser abordado esta manhã (10) por um policial a paisana na rodoviária de Ponta Po...
Marido agride mulher e tenta se enforcar em seguida, mas vai preso
Depois de agredir a esposa, de 45 anos, homem de 26, tentou se enforcar, mas acabou preso, esta noite (10) em Vicentina, a 255 quilômetros de Campo G...



No massacre dos Carajás, ninguém até hoje teve a humildade de coração de dizer que o primeiro tiro na época saiu dos sem terra, coisa que as imágens mostrou más ninguém a considerou, não sou polícia e nem sem terra, mas se eu pudesse saber que um tiro dado por min passaria desapercebido eu faria isto hoje.
 
jorge ferreira em 14/04/2012 03:22:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions