A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

08/11/2013 22:29

Sindicato Rural realiza com Apae ação pioneira de equoterapia

Vinícius Squinelo

Ampliar as ações sociais e promover benefícios à população de Rio Brilhante. Foi com este objetivo que o Sindicato Rural do município iniciou em 2011 um projeto pioneiro em Mato Grosso do Sul e que hoje é referência no tratamento de saúde de crianças e jovens com deficiência. Através da equoterapia, pacientes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) participam de atividades de estímulo e desenvolvimento motor e interação social.

Veja Mais
Fiems pede que governo mantenha contratos de incentivos fiscais
Reinaldo chega a Dourados para lançamento e entregas de obras

A equoterapia consiste em um método terapêutico e educacional, através da utilização de cavalos nas áreas de saúde, educação e equitação, em busca do desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências ou necessidades especiais.

Segundo a presidente do Sindicato Rural de Rio Brilhante, Volnete Inês Aléssio Matos, a iniciativa surgiu após perceber a ausência de apoio a entidades que realizassem atividades com pessoas com deficiência e, posteriormente de um contato com a Polícia Militar, que já realiza atividades de equoterapia no Estado em parceria com outras instituições. "Ao procurar a PM fomos orientados a buscar o curso da Associação Nacional de Equoterapia (Ande Brasil), localizada em Brasília, e após participarmos de um treinamento, em março de 2012, Sindicato Rural, APAE e Prefeitura firmaram esta parceria que já traz grandes benefícios à cidade", aponta Volnete.

As atividades são realizadas por uma equipe formada por dois fisioterapeutas, um psicólogo, um equitador e dois voluntários, que atendem cerca de 15 pacientes da Apae uma vez na semana.

De acordo com a fisioterapeuta da Apae, Marcia Azambuja, as atividades com os equinos já apresentam resultados positivos. O programa conta com dois cavalos treinados para atender a todas as necessidades dos pacientes, que demonstram mais confiança e equilíbrio, além do desenvolvimento psicomotor através das aulas. "O tratamento é executado pelo animal, através do movimento tridimensional. Os profissionais apenas norteiam a conduta. Para os pacientes, os benefícios são evidentes, variando de acordo com o caso, mas tanto os profissionais que trabalham junto aos alunos da Apae, quanto os familiares, percebem os resultados", relata. Em uma frase, a fisioterapeuta resume o sentimento de todos os envolvidos no projeto. "Estamos cada vez mais apaixonados por tudo o que a equoterapia tem feito pelos alunos".

As ações do projeto com os cavalos ocorrem gratuitamente no Sindicato Rural e devem ser ampliadas no próximo ano, segundo Volnete Matos. "Por enquanto apenas a Apae é assistida, mas nosso objetivo é atender mais grupos da sociedade e para 2014 estender o projeto a alunos da Rede Municipal de Ensino", adianta a presidente do sindicato. Mais informações sobre as atividades de equoterapia em Rio Brilhante podem ser obtidas no Sindicato Rural, pelo (67) 3452-7320.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions