A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

05/12/2012 18:00

Sinpol denuncia permanência de menores e adultos na mesma cela

Viviane Oliveira

O Sinpol/MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul) encaminhou denúncia à OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) a respeito de quatro adolescentes que foram apreendidos e dividiam uma única cela com sete detentos maiores de idade, na 1ª Delegacia de Polícia, em Naviraí, cidade distante 366 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Homem tem pescoço cortado e é encontrado morto em rodoviária
Desaparecida há dois dias, jovem é encontrada morta às margens da MS-427

De acordo com vice-presidente do sindicato, Roberto Simião de Souza, um dos adolescentes estava há mais de 30 dias na unidade policial. Ainda conforme Roberto, a situação fere o artigo 185 do Estatuto da Criança e do Adolescente. “A permanência de menores em delegacias já é uma contrariedade à lei e afronta o ECA”, destaca.

Além desse levantamento, uma denúncia anônima feita ao sindicato, deu conta de que mais dois adolescentes deram entrada na delegacia, passando de quatro para seis o número de adolescentes apreendidos e que continuam dividindo a cela com presos maiores.

Nesta quarta-feira (5) a diretoria do Sinpol protocolizou dois ofícios junto a OAB e a COPEV (Coordenadoria das Varas de Execução Penal) solicitando a remoção imediata dos adolescentes para uma Unei (Unidade Educacional de Internação).

Homem tem pescoço cortado e é encontrado morto em rodoviária
Diones Luiz Pedrosa Farias, 21, foi encontrado morto com o pescoço cortado com uma faca, na rodoviária de Amambai, distante 366 km de Campo Grande, n...
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...



Eu concordo essa situção fere a legislaçao vigente a lei 8.069/90 o ECA. E quem disse que esse governo respeita alguma coisa, pessoas ou leis. As uneis estao sucateadas sem materiais basicos de higiene e limpesa, sem falar no quadro de servidor que é defasado, tudo isso fere a lei 12.594/12 (SINASE), que da enfase na execuçao das medidas socioeducativas, o carater pedagógico fica prejudicado e o governo finge que esta tudo bem, nao aceita que se fale a verdade, nao sei onde vamos parar .
 
Joyce Olmedo Nunes em 05/12/2012 21:05:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions