A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

24/04/2014 16:47

STJ nega mais um pedido contra instalação de fábrica de celulose

Mariana Lopes

O Superior Tribunal de Justiça negou o pedido de medida cautelar, feito pela J&F Participações S/A, contra a instalação da fábrica de celulosa em Ribas do Rio Pardo, cidade distante 103 quilômetros de Campo Grande. O pedido já havia sido negado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

Veja Mais
JBS tenta impedir abertura de fábrica de celulose em Ribas do Rio Pardo
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS

O grupo J & F Participações, que controla a Eldorado Brasil Celulose e o frigorífico JBS, alega que o ex-sócio, Márcio Celso Lopes, que faz parte da CRPE Holding, responsável pelo investimento na fábrica de celulose, assinou um termo de não concorrência por 10 anos quando vendeu a participação na Eldorado, há dois anos.

O grupo JBS já perdeu em duas instâncias. O juiz de primeira instância e o Tribunal de Justiça de São Paulo negaram os pedidos de liminares para suspender o negócio.

Diante disto, o STJ alega que o grupo atropelou o trâmite, pois o recurso ainda deveria ter sido feito à Justiça paulista. O juiz também confirma que a instalação da fábrica de celulosa em Mato Grosso do Sul não irá trazer prejuízos ao J & F Participações.

Na decisão, o STJ ainda pontuou que, caso haja qualquer prejuízo futuramente, o grupo pode entrar com pedido de indenização pela quebra do contrato assinado com o ex-sócio.

Apesar da disputa judicial, o empreendimento em Mato Grosso do Sul já obteve até a aprovação de financiamento pela Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste), que poderá liberar R$ 730 milhões. O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) vai analisar pedido para financiar R$ 1,3 bilhão.

JBS tenta impedir abertura de fábrica de celulose em Ribas do Rio Pardo
A empresa J&f Participações, que controla o frigorífico JBS e a Eldorado Celulose, entrou com ação na Justiça de São Paulo para tentar impedir a inst...
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions