A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

10/12/2012 19:42

Suspeito de estupro é morto após reagir a prisão em São Gabriel do Oeste

Nyelder Rodrigues
Junto com suposto estuprador, foi encontrada peça de roupa da vítima (Foto: Divulgação)Junto com suposto estuprador, foi encontrada peça de roupa da vítima (Foto: Divulgação)

O homem de 25 anos suspeito de ter cometido um estupro na madrugada desta segunda-feira (10) foi morto durante o atendimento da ocorrência pela Polícia Militar (PM), em São Gabriel do Oeste.

Veja Mais
Iniciado em 2012, Sisfron está atrasado por falta de dinheiro
Chuva soma 70 milímetros em 24 horas em duas cidades de MS

Dilseu dos Santos Martins, que tinha o apelido de Minga, levou dois tiros após ter tentado atacar com uma faca um policial que atendia o caso na cidade localizada a 140 km de Campo Grande.

Conforme o site Idest, uma mulher de 38 anos acionou a polícia alegando ser vítima de um estupro logo após sair do serviço por uma pessoa que a seguiu e a ameaçou de morte caso reagisse.

Ela a levou para um matagal próximo ao córrego Capão Redondo, onde a estuprou e disse que mataria esposo e filhos dela. Durante o ato, a vítima ofereceu R$ 100 para autor do crime, que estaria em casa. Ele aceitou ir.

No caminho, ela parou na casa de uma vizinha e ligou para a polícia enquanto o suposto estuprador aguardava na esquina. Ele fugiu e depois de buscar na região, Dilseu foi encontrado nos fundos do quintal da vítima.

Ele voltou a fugir e foi perseguido, até que em determinado momento reagiu com uma faca, obrigando que o policial efetuasse um disparo que atingiu o braço direito de Dilseu, que continuou a ir para cima do policial, que fez novo disparo, dessa vez atingindo o lado esquerdo do peito.

Dilseu foi socorrido e levado para o Hospital Municipal, mas não resistiu e morreu. A faca que o suposto criminoso carregava tinha 8,5 centímetros de lamina, com cabo artesanal de ferro e duas peças de roupas da vítima, sendo uma calcinha e uma blusa de cor preta.

Traficante abandona carro com droga ao ver polícia mas acaba capturado e preso
Vagner dos Santos, 37, tentou fugir da polícia abandonando o carro carregado de maconha, mas acabou capturado e preso pela PMA (Polícia Militar Ambie...
PRE apreende 345 kg de cocaína sendo transportados em caminhão na MS-154
A PRE (Polícia Militar Estadual) apreendeu nesta quarta-feira (18) 345 kg de cocaína sendo transportados em um caminhão trator na rodovia MS-154, em ...



Sábias palavras Alexandre de Souza.... disse tudo!!!!, sem necessidade de mais comentários!!!
 
Eliane Anjos em 12/12/2012 09:42:35
PARABÉNS!!!! Este policial tem de ser homenageado. Salvou a vítima, tirou um criminos das ruas e deu uma ecônomia ao estado (hoje um preso custa R$2,5mil ao mês!). É um absurdo o gasto feito com o preso ser maior do que o cidadão de classe baixa. Vergonha! Deveria se invertido, gasta-se R$622 na manutenção do preso eo salario mínimo fique em R$2,5mil. Isso dá a entender que o governo prefere os criminosos, ja que investe menos com o cidadão que é a fonte de renda (pago com impostos) pago ao mesmo. O preso não gera nada de renda, porque o investimento no mesmo?
 
Alexandre de Souza em 10/12/2012 20:31:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions