A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Janeiro de 2017

29/10/2014 22:18

TCE/MS julga 56 processos e aplica multa a ex-gestores

Eduardo Penedo

Os conselheiros dos TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) julgaram na sessão desta quarta-feira (29) 56 processos, sendo que sete processos foram considerados irregulares e não aprovados, e os recursos ordinários e pedidos de revisão negados e os respectivos gestores multados.

Entre os processos considerados irregulares, estão os resultados de três inspeções realizadas e relatados pelo conselheiro Ronaldo Chadid. Um na Câmara Municipal de Aquidauana no período de Janeiro a Dezembro de 2013.

Como resultado o conselheiro votou pela irregularidade dos atos praticados pelo ex-presidente da Câmara, Clezio Bley Fialho, aplicou-lhe multa de 200 Uferms por ato praticado com grave infração a norma legal ou regulamentar de natureza contábil, financeira, orçamentária e patrimonial, e ainda, determinou a devolução aos cofres do município do valor total impugnado de R$ 5.540,08 atualizado monetariamente.

Chadid também aplicou multa de 50 Uferms a ex-presidente da Câmara Municipal de Aquidauana, Luzia Eliete Louveira da Cunha em decorrência do não atendimento à intimação que lhe foi formulada pela Corte de Contas. Em ambos os casos, os ex-gestores terão prazo de 60 dias para comprovar o recolhimento dos valores correspondentes das multas e o valor impugnado.

Outra irregularidade foi constatada na Prefeitura Municipal de Caracol, período de Janeiro a Dezembro de 2011, diante das irregularidades dos atos de gestão praticados pela ex-prefeita Maria Odeth Constância Leite dos Santos, o conselheiro Ronaldo Chadid aplicou multa a ela de 500 Uferms (R$ 9.565,00) a ser recolhida junto ao FUNTC, no prazo de 60 dias.

Em Porto Murtinho, o conselheiro encontrou irregularidades no Fundo Municipal de Saúde de do municipio, no período de Janeiro a Dezembro de 2011, diante das irregularidades Chadid aplicou multa de 200 Uferms ao ex-secretário municipal de Saúde, Antonio Viana Garcia Elias.

O conselheiro também deliberou como Contas Irregulares a Prestação de Contas Anual do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do Município de Aquidauana, exercício de 2012, de responsabilidade do ex-prefeito Fauzi Muhamad Abdul Hamid Suleiman que recebeu multa de 200 Uferms pela não remessa de documentos legalmente exigíveis pela Corte de Contas.

As outras prestações de contas consideradas irregulares, ou processos em que seus gestores tiveram seus pedidos de revisão, representação e recursos ordinários negados pelos respectivos conselheiros Ronaldo Chadid, José Ricardo Pereira Cabral, Iran Coelho, Waldir Neves e Marisa Serrano foram: Processo TC 3141/2011 da Prefeitura Municipal de Bandeirantes; TC 15534/2004/001 da Câmara Municipal de Miranda e TC 60095/2011/001 da Secretaria de Estado de Saúde.

 

Vizinhos acionam a polícia depois que mulher é agredida por esposo violento
Mulher de 29 anos teve de ser encaminhada a uma unidade de saúde devido as agressões do marido, 37, que a feriu no rosto durante uma discussão esta t...
Jovem é preso em flagrante depois de ter incendiado a casa da mãe
Jovem de 19 anos foi preso depois de ter incendiado a casa da própria mãe, 43, esta tarde (21) no Jardim Brasilândia em Dourados, cidade a 233 quilôm...
Homem é preso ao ser flagrado transportando 191 quilos de maconha
Hellington Sant Ana Mota, de 33 anos foi preso acusado de tráfico de drogas por transportar 191 quilos de maconha no porta-malas de um carro. O flagr...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions