A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

11/01/2012 17:15

TJ nega habeas corpus a traficante preso com 440 quilos de maconha

Ana Paula Carvalho
Droga estava escondida em caminhonete (Foto: Divulgação)Droga estava escondida em caminhonete (Foto: Divulgação)

Desembargadores da 2ª Câmara Criminal negaram pedido de habeas corpus a Ramão Castro Romeiro, preso na tarde do dia 08 de setembro do ano passado com 440 quilos de maconha, em Amambai, município distante 360 quilômetros da Capital.

Veja Mais
Após troca de tiros, PM de Amambai apreende dois veículos com 440 kg de drogas
Ministério da Agricultura cede espaço para armazenamento de produtos rurais

A defesa de Ramão alegou que está sofrendo constrangimento ilegal por parte do juízo daquele município porque a decisão de negar o pedido de liberdade provisória em novembro do ano passado “não tem fundamento concreto” e porque, segundo ele, o prazo estipulado de detenção de Ramão já acabou.

Para o relator do habeas corpus, desembargador Manoel Mendes Carli, “a prisão está devidamente fundamentada em circunstâncias concretas do caso, autorizadas da medida extrema, ausente qualquer coação ilegal a ser sanada, não existindo motivos suficientes para a revogação da segregação cautelar no presente momento processual”.

Ele também que as alegações subjetivas sobre o constrangimento sofrido pelo réu não foram comprovadas e não garantem o direito de Ramão responder em liberdade.

Prisão - Após denúncia anônima a PM abordou dois veículos na MS-289, em Amambai. Os ocupantes se esconderam no matagal e começaram a atirar contra os policiais. Um deles era Ramão.

Ele e Joel Garcia Ximenes foram presos em flagrante e encaminhados à delegacia. Um dos veículos que eles conduziam escondia 440 quilos de maconha.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions