A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

14/01/2011 09:20

Trabalhador que sumiu há 14 dias é achado morto em valeta

Danúbia Burema

Corpo foi encontrado em fazenda de Nova Alvorada do Sul

Corpo foi encontrado em valeta de fazenda, já em estado de decomposição. (Cido Costa/Dourados Agora)Corpo foi encontrado em valeta de fazenda, já em estado de decomposição. (Cido Costa/Dourados Agora)

O trabalhador Marcelo de Oliveira foi encontrado morto às 16h de ontem (13) em uma valeta da fazenda Rancho Alegre, às margens da BR-267 em Nova Alvorada do Sul, município que fica a 120 quilômetros de Campo Grande.

Marcelo trabalhava como empreiteiro na fazenda e estava desaparecido desde o dia 31 de dezembro, um dia depois de receber R$ 1 mil como pagamento pela obra.

Ele foi encontrado ontem por um capataz da fazenda, que ao vistoriar o pasto perto da casa do trabalhador sentiu forte odor e encontrou o cadáver em adiantado estado de decomposição.

O corpo foi identificado por meio de hollerits encontrados na casa onde ele morava sozinho, na propriedade rural. Oliveira era natural de Presidente Prudente (SP).

A perícia esteve no local e constatou que o trabalhador foi morto com três facadas no tórax. O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Dourados. Na casa onde ele morava foram encontradas latas vazias de cerveja, um litro de cachaça e o quarto revirado, mas não foram verificados sinais aparentes de luta.

De acordo com a Polícia, a vítima não tem parentes na cidade, apenas no interior de São Paulo. Um homem que o ajudava nos trabalhos da fazenda é procurado pela Polícia para prestar esclarecimento. No local, a informação é de que esse ajudante não foi mais visto desde que Marcelo sumiu. (Com informações do site Dourados Agora)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions