A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Janeiro de 2017

20/06/2014 09:19

Trabalhadores de fábrica de celulose se organizam e pedem aumento de 9,57%

Viviane Oliveira

Os trabalhadores da fábrica Fíbria Papel e Celulose, em três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande, se organizam e pedem aumento de 9,57%. Eles reclamam que estão em negociação salarial desde março deste ano e até agora a empresa não avança na contraproposta.

Os operários dizem ainda que o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, que representa a categoria, tenta impor a vontade da empresa. Segundo os trabalhadores, a empresa está coagindo ou demitindo quem não aceita a proposta.

A categoria reivindica aumento salarial de 9,57%, ticket de alimentação de R$ 250 para R$ 350, e redução da escala de trabalho. A fábrica de celulose Fibria é alvo de uma ação do MPT (Ministério Público do Trabalho) por irregularidades trabalhistas.

O Campo Grande News tentou falar com o Sindicato Rural que representa a categoria, no entanto, foi informado de que o presidente está viajando. A equipe também tentou contato por telefone com a assessoria de imprensa da Fibria e mandou email, mas ainda não obteve retorno.

Vizinhos acionam a polícia depois que mulher é agredida por esposo violento
Mulher de 29 anos teve de ser encaminhada a uma unidade de saúde devido as agressões do marido, 37, que a feriu no rosto durante uma discussão esta t...
Jovem é preso em flagrante depois de ter incendiado a casa da mãe
Jovem de 19 anos foi preso depois de ter incendiado a casa da própria mãe, 43, esta tarde (21) no Jardim Brasilândia em Dourados, cidade a 233 quilôm...
Homem é preso ao ser flagrado transportando 191 quilos de maconha
Hellington Sant Ana Mota, de 33 anos foi preso acusado de tráfico de drogas por transportar 191 quilos de maconha no porta-malas de um carro. O flagr...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions