A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

19/03/2014 10:26

Trabalhadores sem terra bloqueiam rodovia MS 276 em Amandina

Francisco Júnior
Bloqueio começou no início da manhã de hoje. (Foto: Jornal da Nova)Bloqueio começou no início da manhã de hoje. (Foto: Jornal da Nova)

Trabalhadores ligados ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), Fetagri/MS (Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Mato Grosso do Sul) e CUT (Central Única dos Trabalhadores) bloqueiam desde a manhã de hoje (19) a bloqueiam a rodovia MS-276, no distrito de Amandina, município de Ivinhema, a 31 km de Nova Andradina.

Veja Mais
Comércio de Ponta Porã funcionará em horário especial neste fim de ano
MPF entra com ação para garantir pesca e extração à comunidade ribeirinha

De acordo com o site Jornal da Nova, a PRE (Polícia Rodoviária Estadual) informou que o trânsito esta paralisado naquela região, sendo que estão sendo liberados de 30 em 30 minutos.

Ainda conforme o site, os movimentos reivindicam um encontro com o superintendente do Incra/MS (Instituto Nacional de Colonização de Reforma Agrária), Celso Cestari para tratar de assuntos pendentes a questão de vistorias de áreas, alimentação e estrutura nos acampamentos.

Comércio de Ponta Porã funcionará em horário especial neste fim de ano
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
MPF entra com ação para garantir pesca e extração à comunidade ribeirinha
Foi ajuizada ação civil pública pelo MPF (Ministério Público Federal) para garantir o direito a pesca de subsistência e extrativismo sustentável da c...



Os caras estão vivendo a anos recebendo bolsa familia e cestas basicas do Incra e ainda são chamados de trabalhadores, outro fato intrigante é que muitos destes já foram assentados contemplados com lotes, e simplesmente venderam sua posse e voltaram para os acampamentos revindicando novos lotes. O MST não passa isso sim do braço anarquista do PT.
O Sr. Maximiliano deu a melhor definição que eu já li sobre o MST, parabens.
 
juvenil marques do vale em 19/03/2014 21:48:07
campograndenews vocês bem podiam instalar aquela ferramenta de curtir do facebook aqui nos comentários para que pudesse-mo avaliza-los quando assim o merecesse sem precisar escrever sobre os mesmos, é o caso do comentário do Maximiliano Rodrigo Antonio Nahas aqui, concordo em gênero numero e grau com ele.
 
Antonio Mazeica em 19/03/2014 18:31:14
Nós temos que estabelecer o seguinte, ou a pessoa é trabalhadora ou a pessoa é sem terra, trabalhador sem terra não existe, quem trabalha tem dignidade e não fica invadindo ou esmolando terra dos outros, os sem terras são criminosos protegidos pelo governo, cuja unica função é tirar terra dos trabalhadores que a compraram, tanto é que o MST é movimento dos sem terra, eles sabem que ali ninguem trabalha.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 19/03/2014 17:23:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions