A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

09/11/2012 06:49

Traficante leva crianças em carro para despistar Polícia

Paula Maciulevicius
A droga estava em fundos falsos pelo assoalho, teto, na tampa do porta-malas, nos bancos, ao lado do radiador, da bateria, no painel e até nos pneus. (Foto: Divulgação/Polícia Militar Rodoviária)A droga estava em fundos falsos pelo assoalho, teto, na tampa do porta-malas, nos bancos, ao lado do radiador, da bateria, no painel e até nos pneus. (Foto: Divulgação/Polícia Militar Rodoviária)

Uma família toda acabou presa nesta quinta-feira, por policiais militares rodoviários em Amandina. No carro, um Gol com placas de Dourados levava 101 quilos de maconha e o motorista, um eletricista de 27 anos, na tentativa de despistar a Polícia, viajava com a esposa e duas filhas de 7 e 1 ano de idade.

Veja Mais
Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Domingo é de redação no segundo dia de prova do Enem em Paranaíba

Eles foram parados na Base Operacional da Polícia. Enquanto o motorista entregava os documentos, o policial percebeu forte cheiro de maconha e pediu para o condutor abrir o porta-malas. O eletricista foi demonstrando cada vez mais nervosismo até que a Polícia resolveu vistoriar todo veículo.

A droga estava em fundos falsos pelo assoalho, teto, na tampa do porta-malas, nos bancos, ao lado do radiador, da bateria, no painel e até nos pneus. No total, foram 132 tabletes de maconha.

A família toda foi detida e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Ivinhema. Aos policiais, o eletricista disse que foi contratado por um desconhecido, para levar o veículo de Dourados até Três Lagoas. Pelo serviço ele receberia R$ 4 mil. Ele informou também já ter pego o veículo pronto com o entorpecente próximo ao terminal rodoviária de Dourados e entregaria a uma pessoa em Três Lagoas.

A esposa, de 30 anos, disse que não sabia da droga o que foi confirmado pelo eletricista. Mãe e filhas foram liberadas e o motorista, preso em flagrante por tráfico de drogas.

Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Mulher de 42 anos foi agredida pelo marido com uma garrafada no sábado (3), após ser vista conversando com as amigas em sua casa em Dourados, distant...
Domingo é de redação no segundo dia de prova do Enem em Paranaíba
Candidatos do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande, fazem neste domingo (4) as provas de reda...



Se o usuário pudesse plantar, o eletricista não iria pra cadeia e vc contribuinte não pagaria R$ 915,05 por cada filho do eletricista/"traficante" a partir de jah.
 
Gabriel Silva em 10/11/2012 09:04:09
Impressionante como as pessoas arriscam até a vida de indefesos por conta de drogas, é fato que seria pego, meu voto é que este rapaz se arrependa e não cometa mais este crime.
 
Flaviana Silva em 09/11/2012 07:45:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions