A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

24/09/2014 22:04

Turista fotografa barco-hotel minutos antes do naufrágio

Eduardo Penedo e Priscilla Peres, enviada especial a Porto Murtinho
A embarcação foi fotografada minutos antes de naufragar. (foto:turista Angelo Molinari) A embarcação foi fotografada minutos antes de naufragar. (foto:turista Angelo Molinari)

O turista Angelo Molinari conseguiu tirar uma foto do barco-hotel paraguaio Sueño do Pantanal, que virou no Rio Paraguai na tarde desta quarta-feira (24), em Porto Murtinho, minutos antes do acidente. Na foto já dá para perceber o tempo começando a se fechar. O naufrágio em Porto Murtinho foi uma das consequências de um tornado que atingiu a cidade, com ventos superiores a 90 km, segundo a meteorologia. Mais de cem árvores caíram e imóveis foram destelhados.

Veja Mais
Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento

Por volta das 20h30, as buscas aos dez turistas paranaenses desaparecidos que estavam no barco-hotel paraguaio Sueño do Pantanal foram suspensas por falta de visibilidade. As informações foram repassadas pela assessoria de imprensa da prefeitura de Porto Murtinho. Até o momento foram encontrados apenas os corpos do dono da embarcação Luiz Penayo e de um turista que ainda não foi identificado.

Ainda, segundo a assessoria da prefeitura, as buscas serão retomadas amanhã (25), por volta das 6 horas da manhã. Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Dourados está sendo deslocada para Porto Murtinho para ajudar nas buscas dos desaparecidos.Dentre esses bombeiros quatro são do grupamento de mergulhadores. Outros quadro de Campo Grande e três de Jardim também participaram das buscas.

Segundo a Polícia Militar, na embarcação estavam 27 pessoas, sendo que 16 eram turistas. Cinco dos turistas conseguiram se salvar. Dez estão desaparecidos é um foi encontrado sem vida boiando no Rio Paraguai. A embarcação contava com 11 tripulantes entre piloteiros, cozinheiros, camareiros. Dos tripulantes oito se salvarão e três ainda estão desaparecidos.

As treze pessoas que conseguiram se salvar do naufrágio tiveram que enfrentar as correntezas do Rio Paraguai a nado para chegar até às margens do rio, onde foram socorridas por populares. Hoje era o último dia de pescaria do grupo que estava no barco-hotel.

Os turistas que conseguiram se salvar são: Marcio Ferreira Garmeira, residente em Alvorada do Sul; Kesley Roger Souza, de Londrina; José Ribeiro da Silva Filho, de Alvorada do Sul;Valdecir Fernandes Freitas, de Alvorada do Sul, e Francisco Carlos Paulineli, também de Alvorada do Sul. O estado de saúde dos turistas é estável e eles estão neste momento hospedados em uma pousada em Porto Murtinho.

Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
A esposa de um detento de Itaquiraí, distante 410 km de Campo Grande, foi presa na tarde de ontem (7) tentando entregar um pão recheado com maconha p...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions