A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


04/03/2016 10:44

Delação coloca em xeque discurso político

Reinaldo Rosa

EM CADEIA – Emissoras de rádios, este Campo Grande News e jornais serviram de porta-vozes para senador Delcídio do Amaral informar – com todas as letras e sons – que não fez delação premiada. Nesta quinta-feira todos conheceram a veracidade de suas afirmações. Isto é, palavra de certos políticos vale tanto quanto uma nota de três reais.

Veja Mais
Radialistas e suas relações perigosas
Profissionais de rádio se aventuram na internet

FALAR QUALQUER COISA – Jornalistas – da falada, escrita e televisada – são considerados garotos de recados para considerável camada da classe política. Importantes fatos do cotidiano são ‘comentados’ por legisladores preocupados em satisfazer a camarilha à qual pertencem. Simples assim.

FAZ TEMPO – Arquivo pessoal do radialista Fonseca Jr, em seus tempos de TV Morena, exibe entrevistas com vários representantes da classe política, durante o governo Wilson Barbosa Martins. O bla bla bla ao repórter de então parece que foi ontem.

ÁGUA NO NARIZ – Mestre Sérgio Cruz e ouvintes do ‘Tribuna Livre’, na FM Capital, expressaram contrariedade com as contradições – para dizer o mínimo – de Delcídio do Amaral frente aos microfones da emissora. Faltar com a verdade em radiojornalismo fere o decoro da audiência.

SERIA BOM – Semana de tela quente na imprensa nacional; fatos e pessoas intocáveis colocadas no olho do furacão da comunicação. Jornalistas do Estado guaicuru bem que poderiam exercer suas funções com tal mobilidade e liberdade.

PRENDAM OS DE SEMPRE – Chefe de Polícia elegeu mantra para seus comandados engordar estatística do setor de segurança. A ficção parece estar presente no formato de telejornais de Mato Grosso do Sul; faltam notícias que mexam com a emoção do telespectador.

PIADAS PRONTAS – Com novo pacote de piadas, Paulinho Gogó volta ao palco do Palácio Popular da Cultura, dias dois e três de abril, em Campo Grande. As apresentações do humorista do ‘A Praça é Nossa’ têm a promoção de Jamelão e Pedro Silva.

ALHOS E BUGALHOS – Vereador Coringa – imitando Marun –, em vídeo na rede, deita e rola argumentos sobre buracos em ruas de bairro da capital. Reivindica providências do atual prefeito em obras que são de responsabilidade da Águas Guariroba. Ópera bufa.

NÃO TEM TU – Espaço ocupado na Rádio Difusora –e pago pelo contribuinte- parece não dar resultado de audiência esperado. Na falta de um programa de TV, Coringa vale-se de tremidas imagens feitas em celular para vilipendiar sobre deteriorado asfalto casca de ovo. E, vamu nóis.

FOTO - Cinegrafista Parra, ex-TV Morena, dirige produtora de TV é áudio em Ponta Porã, onde mantém considerável carteira de clientes da fronteira. Antonio Viegas registra fatos do mundo político de Dourados.

Radialistas e suas relações perigosas
RELAÇÕES PERIGOSAS – O apresentador e agora vereador eleito Lucas de Lima emposta a voz na sua porção de conselheiro matrimonial. No programa noturno...
Profissionais de rádio se aventuram na internet
RÁDIO PRA QUEM QUISER – Amor ao rádio provoca mudança de tratamento no segmento; profissionais fora do escasso mercado radiofônico local ‘fundam’ as ...
Horário engessado limita noticiário de emissora
PLANO DE VOO – Segunda-feira, às 4h10, o ‘Plantão da Globo’ anuncia a queda do avião com a delegação do Chapecoense. Um minuto após, volta a exibição...
Crise afeta dízimo e vida de TVs de evangélicos
MILAGRE ECONÔMICO – Com a crise econômica nos últimos anos, os fiéis de igrejas evangélicas sumiram dos templos e murchou a principal fonte de pagame...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions