A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


04/03/2016 10:44

Delação coloca em xeque discurso político

Reinaldo Rosa

EM CADEIA – Emissoras de rádios, este Campo Grande News e jornais serviram de porta-vozes para senador Delcídio do Amaral informar – com todas as letras e sons – que não fez delação premiada. Nesta quinta-feira todos conheceram a veracidade de suas afirmações. Isto é, palavra de certos políticos vale tanto quanto uma nota de três reais.

Veja Mais
Pautas importantes passam batidas em noticiários locais
Férias de notícias nas rádios é mudança certa de estação

FALAR QUALQUER COISA – Jornalistas – da falada, escrita e televisada – são considerados garotos de recados para considerável camada da classe política. Importantes fatos do cotidiano são ‘comentados’ por legisladores preocupados em satisfazer a camarilha à qual pertencem. Simples assim.

FAZ TEMPO – Arquivo pessoal do radialista Fonseca Jr, em seus tempos de TV Morena, exibe entrevistas com vários representantes da classe política, durante o governo Wilson Barbosa Martins. O bla bla bla ao repórter de então parece que foi ontem.

ÁGUA NO NARIZ – Mestre Sérgio Cruz e ouvintes do ‘Tribuna Livre’, na FM Capital, expressaram contrariedade com as contradições – para dizer o mínimo – de Delcídio do Amaral frente aos microfones da emissora. Faltar com a verdade em radiojornalismo fere o decoro da audiência.

SERIA BOM – Semana de tela quente na imprensa nacional; fatos e pessoas intocáveis colocadas no olho do furacão da comunicação. Jornalistas do Estado guaicuru bem que poderiam exercer suas funções com tal mobilidade e liberdade.

PRENDAM OS DE SEMPRE – Chefe de Polícia elegeu mantra para seus comandados engordar estatística do setor de segurança. A ficção parece estar presente no formato de telejornais de Mato Grosso do Sul; faltam notícias que mexam com a emoção do telespectador.

PIADAS PRONTAS – Com novo pacote de piadas, Paulinho Gogó volta ao palco do Palácio Popular da Cultura, dias dois e três de abril, em Campo Grande. As apresentações do humorista do ‘A Praça é Nossa’ têm a promoção de Jamelão e Pedro Silva.

ALHOS E BUGALHOS – Vereador Coringa – imitando Marun –, em vídeo na rede, deita e rola argumentos sobre buracos em ruas de bairro da capital. Reivindica providências do atual prefeito em obras que são de responsabilidade da Águas Guariroba. Ópera bufa.

NÃO TEM TU – Espaço ocupado na Rádio Difusora –e pago pelo contribuinte- parece não dar resultado de audiência esperado. Na falta de um programa de TV, Coringa vale-se de tremidas imagens feitas em celular para vilipendiar sobre deteriorado asfalto casca de ovo. E, vamu nóis.

FOTO - Cinegrafista Parra, ex-TV Morena, dirige produtora de TV é áudio em Ponta Porã, onde mantém considerável carteira de clientes da fronteira. Antonio Viegas registra fatos do mundo político de Dourados.

Pautas importantes passam batidas em noticiários locais
FILHOS DA PAUTA – Muitos pauteiros de plantão não dedicaram uma linha para assunto digno de discussão. No país que tem a Educação cantada em prosa e ...
Férias de notícias nas rádios é mudança certa de estação
RETROSPECTIVA E PERSPECTIVA – Melhor spot de rádio em 2016, mensagem do 'paraguaio' para marca de tereré continua líder neste início de ano. QUE M – ...
Crise nos presídios e a crônica policial fora de contexto
BANDIDO BOM, BANDIDO MORTO – Redes de TV exibiram farto material sobre mortes em presídios de Manaus e Roraima. Ministro da Justiça convoca reunião d...
Para ouvintes julgadores, ordem judicial lida na íntegra
CANSATIVA NECESSÁRIA – No ‘Jornal da Sete’, FM UCDB, Paulo Yafusso leu íntegra da reversão da decisão de juiz que pede a preventiva de policial rodov...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions