A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Janeiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


25/08/2014 10:58

Fatos marcantes estão ausentes em emissoras de rádio e televisão de MS

Edivaldo Bitencourt

TRAGÉDIA ANUNCIADA – Solta na banguela pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul a equipe do Itaporã paga – quando paga - alto preço pela aventura de participação na serie D. Resultados financeiros não são positivos quando a estrutura administrativa (que vem de cima) é moribunda.

APOIO NÃO FALTA - Efeito TV Morena nas transmissões do futebol estadual não alcançaram resultados esperados. Amantes de futebol no Estado sintonizam espetáculos esportivos sérios. Futebol de campeonatos estaduais ao vivo pela TV em Mato Grosso do Sul a audiência aumenta para a TV Guanandi.

BOTOX VIRTUAL – Candidatas – até experientes - se entregam aos ‘conselhos’ de marqueteiros e, em plena campanha, já transmitem propaganda enganosa. Surpreende a diferença entre fotos de campanha e presença ao vivo das postulantes pelas ruas e avenidas. Botox e photoshop têm presença marcante.

NA MESMA – A mordaça implantada por militares na forma de fazer campanhas eleitorais perdura. Com mensagens previamente gravadas – de pequeno tempo - candidatos não têm como fugir do contato ‘olho no olho’ com o eleitor. Horário político gratuito pelo rádio e TV tornou-se um blefe. Não ajuda candidatos e aumenta audiência da TV por assinatura. Simples assim.

PARABÉNS A VOCÊ – No aniversário de Campo Grande, rádio jornalismo da cidade ‘presenteia’ ouvintes ficando fora do ar. Inovação que não contagia emissoras de rádio do pais; sintonia fina por intermédio da internet.

PRAÇA DO POVO – A tão decantada festa da democracia teve significativa demonstração na manhã de sábado (23) em locais determinados no centro de Campo Grande. Democraticamente, coligações comandaram desfraldar de bandeiras com presença de muitos candidatos. Nesta segunda-feira a TV Morena não registrou o fato. É a lei da censura à propaganda gratuita da rede Globo. Talvez.

ODORICO PARAGUASSU – “Aquilo foi obra da esquerda comunista, marronzista e badernenta”. Contextualização de argumentos de Alcides Bernal candidato a Senado, que não abre mão de continuar com extenuante lamento por sua cassação. Lembra candidato do Imposto Único.

BARRACO - José Luiz Datena invadiu estúdios da rádio Bandeirantes, no último domingo (24), durante a transmissão do programa "Domingo Esportivo", de Milton Neves. "Que merda é essa que você falou?", disparou ao vivo, forçando a entrada de um intervalo comercial.

SEMPRE ELE – “Quando estava desempregado, Datena morou na casa do Hidalgo (antigo jogador de futebol e Curitiba). Filou boia lá e até hoje é grato”. Foi a deixa para a entrada triunfal do apresentador e seu estoque de baixaria, de acordo com ‘Notícias da TV’.

O espaço do futebol de MS nas emissoras locais
TABELINHA – Consagrado cronista esportivo de Campo Grande ‘veste uniforme’ para entrar em campo. Durante (longuíssimos) dois meses, radialistas do mu...
Pautas importantes passam batidas em noticiários locais
FILHOS DA PAUTA – Muitos pauteiros de plantão não dedicaram uma linha para assunto digno de discussão. No país que tem a Educação cantada em prosa e ...
Férias de notícias nas rádios é mudança certa de estação
RETROSPECTIVA E PERSPECTIVA – Melhor spot de rádio em 2016, mensagem do 'paraguaio' para marca de tereré continua líder neste início de ano. QUE M – ...
Crise nos presídios e a crônica policial fora de contexto
BANDIDO BOM, BANDIDO MORTO – Redes de TV exibiram farto material sobre mortes em presídios de Manaus e Roraima. Ministro da Justiça convoca reunião d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions