A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


20/04/2016 14:36

MS, celeiro de notícias ruins na mídia nacional

Reinaldo Rosa

PASSA RÉGUA – Prospectando segundos de fama a qualquer preço, o deputado Carlos Marun mostra a que veio. Na tela da Globo, teve coragem de sugerir proibição ao Conselho de Ética de abordar os milhões de dólares que Eduardo Cunha mantém – comprovadamente – em cadernetas de poupança suíças.

Veja Mais
Profissionais de rádio se aventuram na internet
Horário engessado limita noticiário de emissora

ÍDOLOS SÃO OS MESMOS – Exposição do cargo no governo estadual anterior e espaço no ‘Tribuna Livre’, da FM Capital, resultaram em eleição do Coronel David. Defensor da cartilha ‘Bandido bom é bandido morto’, tem o carioca Bolsonaro como ídolo maior a ser cultuado.

A MOSCA MORDEU – Contador, administrador de fazendas, professor da Unigran e piloto particular de Murilo Zauith, Renato Venturini interpreta um padre no filme "Em nome da Lei", filme rodado em Dourados. Baseado em tal ‘benefício para a cidade’, o moço sonha com a cadeira do patrão, na prefeitura de Dourados.

RETORNO AO ESPAÇO – “Pela minha família (claro), por Dourados e meus eleitores, voto sim”. Após horas em pé, como papagaio de pirata, o deputado Geraldo Resende tinha na ponta da língua o discurso de seus minutos de fama no dia da votação do impeachment.

NÃO PISE NA GRAMA – Deu na Band. “Prefeita de Peruíbe estaciona em local proibido para ir à balada, na madrugada. Liga para a secretária de Infraestrutura e a manda retirar a placa de (de estacionamento não permitido)”. Simples assim.

SEM FAUSTÃO – ‘Domingão do Faustão’ ficou fora do ar, no final de semana, graças ao espetáculo da Câmara Federal. Ópera bufa trocada por outra.

DAY AFTER – O presidente da Editora Abril, Walter Longo, afirmou: "A partir de ontem, o Brasil entrou numa nova fase. E para nós da Abril isso também é verdade", num eventual governo Temer. Editorias da Veja se resumiu a uma questão de negócios.

OLÁ – Bela, recatada e do lar. Lampejos pífios de parte da imprensa colaboracionista, de olho no ‘mercado’.

Profissionais de rádio se aventuram na internet
RÁDIO PRA QUEM QUISER – Amor ao rádio provoca mudança de tratamento no segmento; profissionais fora do escasso mercado radiofônico local ‘fundam’ as ...
Horário engessado limita noticiário de emissora
PLANO DE VOO – Segunda-feira, às 4h10, o ‘Plantão da Globo’ anuncia a queda do avião com a delegação do Chapecoense. Um minuto após, volta a exibição...
Crise afeta dízimo e vida de TVs de evangélicos
MILAGRE ECONÔMICO – Com a crise econômica nos últimos anos, os fiéis de igrejas evangélicas sumiram dos templos e murchou a principal fonte de pagame...
Jornalismo local está cada vez mais nas redes sociais
ASSISTINDO AGORA – Uma semana do novo ‘Tribuna Livre’, na Capital FM, com transmissão, também pelo Youtube. A novidade ainda não empolgou a linha de ...



Marun, coronel David, Bolssonaro, editorias da Veja. Tudo junto e misturado e do mesmo lado. Que horror. E ainda dizem que o país vai melhorar com essa galera.
 
Critico em 23/04/2016 18:31:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions