A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


20/04/2016 14:36

MS, celeiro de notícias ruins na mídia nacional

Reinaldo Rosa

PASSA RÉGUA – Prospectando segundos de fama a qualquer preço, o deputado Carlos Marun mostra a que veio. Na tela da Globo, teve coragem de sugerir proibição ao Conselho de Ética de abordar os milhões de dólares que Eduardo Cunha mantém – comprovadamente – em cadernetas de poupança suíças.

Veja Mais
Pautas importantes passam batidas em noticiários locais
Férias de notícias nas rádios é mudança certa de estação

ÍDOLOS SÃO OS MESMOS – Exposição do cargo no governo estadual anterior e espaço no ‘Tribuna Livre’, da FM Capital, resultaram em eleição do Coronel David. Defensor da cartilha ‘Bandido bom é bandido morto’, tem o carioca Bolsonaro como ídolo maior a ser cultuado.

A MOSCA MORDEU – Contador, administrador de fazendas, professor da Unigran e piloto particular de Murilo Zauith, Renato Venturini interpreta um padre no filme "Em nome da Lei", filme rodado em Dourados. Baseado em tal ‘benefício para a cidade’, o moço sonha com a cadeira do patrão, na prefeitura de Dourados.

RETORNO AO ESPAÇO – “Pela minha família (claro), por Dourados e meus eleitores, voto sim”. Após horas em pé, como papagaio de pirata, o deputado Geraldo Resende tinha na ponta da língua o discurso de seus minutos de fama no dia da votação do impeachment.

NÃO PISE NA GRAMA – Deu na Band. “Prefeita de Peruíbe estaciona em local proibido para ir à balada, na madrugada. Liga para a secretária de Infraestrutura e a manda retirar a placa de (de estacionamento não permitido)”. Simples assim.

SEM FAUSTÃO – ‘Domingão do Faustão’ ficou fora do ar, no final de semana, graças ao espetáculo da Câmara Federal. Ópera bufa trocada por outra.

DAY AFTER – O presidente da Editora Abril, Walter Longo, afirmou: "A partir de ontem, o Brasil entrou numa nova fase. E para nós da Abril isso também é verdade", num eventual governo Temer. Editorias da Veja se resumiu a uma questão de negócios.

OLÁ – Bela, recatada e do lar. Lampejos pífios de parte da imprensa colaboracionista, de olho no ‘mercado’.

Pautas importantes passam batidas em noticiários locais
FILHOS DA PAUTA – Muitos pauteiros de plantão não dedicaram uma linha para assunto digno de discussão. No país que tem a Educação cantada em prosa e ...
Férias de notícias nas rádios é mudança certa de estação
RETROSPECTIVA E PERSPECTIVA – Melhor spot de rádio em 2016, mensagem do 'paraguaio' para marca de tereré continua líder neste início de ano. QUE M – ...
Crise nos presídios e a crônica policial fora de contexto
BANDIDO BOM, BANDIDO MORTO – Redes de TV exibiram farto material sobre mortes em presídios de Manaus e Roraima. Ministro da Justiça convoca reunião d...
Para ouvintes julgadores, ordem judicial lida na íntegra
CANSATIVA NECESSÁRIA – No ‘Jornal da Sete’, FM UCDB, Paulo Yafusso leu íntegra da reversão da decisão de juiz que pede a preventiva de policial rodov...



Marun, coronel David, Bolssonaro, editorias da Veja. Tudo junto e misturado e do mesmo lado. Que horror. E ainda dizem que o país vai melhorar com essa galera.
 
Critico em 23/04/2016 18:31:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions