A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


21/06/2013 09:39

Rádio e televisão mostram engajamento do MS

Reinaldo Rosa

COMPROMISSOS – Mídias eletrônicas conseguiram fazer jovens trocarem Facebook por passeatas reivindicatórias. Movimento é resultado do espetáculo protagonizado pela população brasileira.

FECHAR PARA BALANÇO – A TV MS bem que poderia deixar de lado o Balanço Geral para não quebrar o ritmo alcançado pelo Cidade Alerta, com Marcelo Resende. A rede Globo rifou o MSTV 2ª Edição, -da TV Morena- priorizando as manifestações populares pelo Brasil, quinta-feira.

CURA FELICIANO – Nada a acrescentar ao comentário do experiente Sérgio Cruz, no Tribuna Livre, ao aconselhar que se coloque na geladeira a atuação do pastor Feliciano à frente da Comissão de Direitos Humanos. Insignificante parlamentar (?) que recebe notoriedade à custa de inocentes profissionais de imprensa. Ele vai passar; o ostracismo o espera.

VAI VIVENDO – No comando do Viver Bem, Carmen Cestari consegue quebrar a monótona rotina das tardes da televisão local. Enquanto as demais repetidoras transmitiam as passeatas em diversas localidades do país, a apresentadora do SBT/MS discutia as razões de tais atos com entrevistas esclarecedoras.

GOLIAS E ELE - Coronel Davi, comandante da Polícia Militar, teve de dividir sua atenção para emissoras de rádio que mantém programas idênticos em horários idem. Com a anunciada passeata para a tarde de quinta-feira na capital, ele foi convidado para entrevistas na FM Capital –no Tribuna Livre- e no UCDB Notícias. Atendeu a esta por telefone e, na primeira, compareceu nos estúdios.

A QUE VEIO – O rádio cumpre a tarefa de comparecer onde os fatos acontecem. A equipe do programa UCDB Notícias cumpriu este compromisso ao focar –in loco- o evento da ABIM –Associação Brasileira de Imprensa- no Dia da Mídia, em Corumbá.

CORINGA - O jornalista Jorge Franco é um dos integrantes da equipe de Benedito de Paula responsável pelo informativo da Rádio Difusora, em Campo Grande. Depois de passagem pela Secretaria de Comunicação do governo do estado, Jorginho (como é carinhosamente tratado pelos colegas) demonstra sua capacidade profissional também através das ondas do rádio.

COMENDO PELAS BEIRADAS – Aos poucos o informativo matinal da Mega 94 vai conquistando espaço. Priorizando notícias e evitando abraços em excessos, Roberto Costa e Reinaldo Aiala proporcionam discreta leitura diária dos acontecimentos. Só as músicas –fora de contexto- quebram o clima do noticioso.

CAPA DO MUNDO – Discreta –porém barulhenta- passeata iniciada na semana passada, em São Paulo, acordou a juventude do país e ganhou as manchetes do mundo. A rede Record apostou o evento e venceu a audiência no horário tarde-noite. Somente depois vieram no embalo a Band e rede Globo.

REPLAY – A emissora carioca tentou evitar acusações de omissão, como ocorrera nos anos oitenta por ocasião dos comícios pelas Diretas Já e Eu Quero votar pra Presidente. Ontem ela surpreendeu pela quebra da jurássica rotineira programação.

MAIS UM NA MEDIDA CERTA – A contratação do ex-centroavante Ronaldo para comentar os jogos da seleção na Copa das Confederações não vai mudar em nada o nível do bate-papo nas transmissões da rede Globo. A frase “o Casagrande tem razão” será repetida até quando ele estiver dormindo em sua casa.

EM TEMPO: ele também não tem habilitação profissional necessária a quem atua em jornalismo. Adendo desnecessário, claro.

Programa resgata causos do futebol regional
CONTA OUTRA – O futebol sul-mato-grossense – graças a alguns – vive na história do torcedor local. Jogadores, dirigentes e técnicos estão no ‘Conto d...
Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...



EM TEMPO: Como diria Casagrande "tem razão"
 
Rodrigo Lerias em 21/06/2013 15:48:40
Muitos órgãos de imprensa em Campo Grande de propriedade de políticos, tiveram que ENGULIR o manifesto do POVO nas ruas. "Apresentadores" de programas ,então. E eles que não se cuidem.
 
samuel gomes-campo grande em 21/06/2013 11:20:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions