A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


30/11/2012 07:30

Sem Joelmir Beting, volta o economês

Reinaldo Rosa

PATINHO FEIO – Se audiência radiofônica fosse medida pelo registro de cultura, ela receberia sensível aumento observando-se o nível de esclarecimento através do rádio jornalismo. Informação, opiniões, entrevistas com os mais diversos atores públicos e privados; campanhas sociais, enfim, não falta nada para quem tem na informação o seu norte.

Veja Mais
Radialistas e suas relações perigosas
Profissionais de rádio se aventuram na internet

PAGANDO PRA VER – Contraditoriamente, não são poucos os empresários da comunicação (de rádio, especificamente aqui) que têm no jornalismo uma fonte de renda auferida como se simples anúncio fosse. Vendem o espaço a jornalistas interessados demonstrando a falta de visão dos efeitos proporcionados pela informação.

PNEU FURADO -Sophia Loren ficou responsável por anunciar o ex-presidente Lula, mas houve uma falha no teleprompter e ela não conseguiu chegar até o nome dele. Quem citou-o foi o presidente mundial da Pirelli, Marco Tronchetti Provera. Sophia ficou inconsolável com o ocorrido e recebeu o carinho de Rodrigo Santoro, que foi o mestre de cerimônia da noite.

VIDA DURA - Giovanna Antonelli está dando o que falar como a delegada Helô da novela das nove da Globo, Salve Jorge. Fora das telas, ela é heroína de verdade na hora de conciliar gravações com a rotina de mãe de três filhos.

NOVOS RICOS - A dívida de Michael Jackson, estimada em US$ 200 milhões e “herdada” pela família, finalmente foi quitada. A última parcela foi paga graças aos lucros dos projetos lançados após sua morte. Só a Sony depositará US$ 250 milhões por dez anos nas contas dos herdeiros, para lançar novas coletâneas. A turnê “Michael Jackson Immortal”, do Cirque du Soleil, arrecadou mais de US$ 160 milhões. Informes de Gisele Vitória, colunista de ISTOÉ.

ECONOMÊS ACESSÍVEL - Terminou por volta das 16h20 desta quinta-feira (26) a cerimônia de cremação do corpo do jornalista Joelmir Beting, na Grande São Paulo. Aos 75 anos, ele morreu na madrugada desta quinta, na capital. A cerimônia ocorreu no Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, e foi aberta apenas para familiares. Mais cedo, o corpo de Beting foi velado no Cemitério do Morumbi, na Zona Sul de São Paulo.

EM CASA - O “Prêmio Extra de Televisão 2012” reuniu as maiores estrelas da televisão brasileira. Homenageados ou premiados, atores, apresentadores e equipes técnicas dos programas fizeram a festa no palco e na plateia do Vivo Rio. Por ser veículo do Grupo Globo, claro, a maioria dos premiados – se não todos – fazem parte da rede. Meu pirão primeiro.

SEM SURPRESAS - Avenida Brasil, escrita por João Emanuel Carneiro, saiu vitoriosa em seis das nove categorias em que foi indicada. Debora Falabella e Adriana Esteves concorriam ao prêmio de Melhor Atriz. Venceu Adriana. Cacau Protásio (a impagável Zezé) foi eleita a Revelação do Ano. O Crô, mordomo da vilã Teresa Cristina em Fina Estampa, rendeu a Marcelo Serrador o prêmio de Melhor Ator.

MADE IN - The Voice Brasil, se firmou como o Melhor Enlatado importado da temporada.

MAIS E O MESMO - Sucesso da grade da Globo às terças-feiras, Tapas & Beijos também se consolidou na preferência popular e ganhou como Melhor Programa de Humor. Mostrando que a falta de renovação na TV brasileira é imbatível, Luciano Huck levou o troféu de melhor apresentador pelo sétimo ano consecutivo. Quem souber responda: é mole?

FALA POVO – “Sei que o jornal Extra é do grupo Globo, mas poderia premiar os artistas de outras emissoras. Rodrigo Faro é um ótimo apresentador! O jornal da band também é excelente”. Quem pensa que a "Carminha" foi o melhor papel de Adriana Esteves, se engana. O melhor dela foi como Dalva e Herivelto - uma canção de amor.

FALOU – A periguete Maria Vanúbia, em Salve Jorge, Roberta Rodrigues conta que foi criticada por ter se livrado dos cachos para a personagem. “Não é porque alisei o cabelo que perdi minhas origens. Não defendo bandeira nenhuma, defendo fazer o que você gosta e acredita”.

Joelmir Beting, paixão por economia e pelo verdão Joelmir Beting, paixão por economia e pelo verdão
Roberta Rodrigues marca posição firmeRoberta Rodrigues marca posição firme

FUGAZ - O Jornal Nacional é um dos principais prejudicados pela má fase de audiência do folhetim que o antecede e do que o sucede na Globo. Guerra dos Sexos não desempenha bom papel de “escada” e, ainda, Salve Jorge não consegue salvar nem segurar preferência de espectadores. Tem quem raciocine que a diferença entre Caminho das Índias e “Salve” está nos costumes e idiomas. Danças e músicas.

PAROLAGEM FLÁCIDA - Em julho, com média de 31 pontos de ibope, o JN caiu em novembro para a pior média mensal do ano: 24 pontos. Em outubro, mesmo com o horário eleitoral, o jornalístico registrou média de 26 pontos de audiência.

QUALIDADE PERDE - Com a queda de público do JN, duas emissoras ganharam audiência no horário: o SBT, com Carrossel, e a Record, com o Jornal da Record. A primeira cravou média entre 12 e 13 pontos, que é grande marca para produção infantil exibida em horário errado. O JR foi de seis pontos (outubro) para oito (novembro).

MUDAM AS MOSCAS - O Aprendiz voltará ao ar na Record em setembro de 2013, sob o comando de Roberto Justus. A novidade ficará por conta do elenco do programa. A emissora pretende convidar famosos e empresários para participarem. A premiação ainda não foi definida.

E A PROGRAMAÇÃO, Ó! - A TV paga voltou a ter um mês em crescimento. O mercado de TV por assinatura chegou a um total de 15,5 milhões de assinantes em outubro, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Com os novos assinantes, o mercado obteve crescimento de 2,1% em relação ao mês anterior. Em setembro, o crescimento foi 1,84%. Entre janeiro e outubro, cresceu 20,2% no país. A depender das faixas menores de pagamento, melhor é continuar com TV digital (marca do dedão sujo de tinta de carimbo).

VÉSPERA DE TERÇA – Edilson de Souza Braz opina que com a troca de “Mano por Felipão, o Brasil terá o mesmo destino do Palmeiras”. Sem comentários.

Radialistas e suas relações perigosas
RELAÇÕES PERIGOSAS – O apresentador e agora vereador eleito Lucas de Lima emposta a voz na sua porção de conselheiro matrimonial. No programa noturno...
Profissionais de rádio se aventuram na internet
RÁDIO PRA QUEM QUISER – Amor ao rádio provoca mudança de tratamento no segmento; profissionais fora do escasso mercado radiofônico local ‘fundam’ as ...
Horário engessado limita noticiário de emissora
PLANO DE VOO – Segunda-feira, às 4h10, o ‘Plantão da Globo’ anuncia a queda do avião com a delegação do Chapecoense. Um minuto após, volta a exibição...
Crise afeta dízimo e vida de TVs de evangélicos
MILAGRE ECONÔMICO – Com a crise econômica nos últimos anos, os fiéis de igrejas evangélicas sumiram dos templos e murchou a principal fonte de pagame...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions