A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


30/11/2012 07:30

Sem Joelmir Beting, volta o economês

Reinaldo Rosa

PATINHO FEIO – Se audiência radiofônica fosse medida pelo registro de cultura, ela receberia sensível aumento observando-se o nível de esclarecimento através do rádio jornalismo. Informação, opiniões, entrevistas com os mais diversos atores públicos e privados; campanhas sociais, enfim, não falta nada para quem tem na informação o seu norte.

PAGANDO PRA VER – Contraditoriamente, não são poucos os empresários da comunicação (de rádio, especificamente aqui) que têm no jornalismo uma fonte de renda auferida como se simples anúncio fosse. Vendem o espaço a jornalistas interessados demonstrando a falta de visão dos efeitos proporcionados pela informação.

PNEU FURADO -Sophia Loren ficou responsável por anunciar o ex-presidente Lula, mas houve uma falha no teleprompter e ela não conseguiu chegar até o nome dele. Quem citou-o foi o presidente mundial da Pirelli, Marco Tronchetti Provera. Sophia ficou inconsolável com o ocorrido e recebeu o carinho de Rodrigo Santoro, que foi o mestre de cerimônia da noite.

VIDA DURA - Giovanna Antonelli está dando o que falar como a delegada Helô da novela das nove da Globo, Salve Jorge. Fora das telas, ela é heroína de verdade na hora de conciliar gravações com a rotina de mãe de três filhos.

NOVOS RICOS - A dívida de Michael Jackson, estimada em US$ 200 milhões e “herdada” pela família, finalmente foi quitada. A última parcela foi paga graças aos lucros dos projetos lançados após sua morte. Só a Sony depositará US$ 250 milhões por dez anos nas contas dos herdeiros, para lançar novas coletâneas. A turnê “Michael Jackson Immortal”, do Cirque du Soleil, arrecadou mais de US$ 160 milhões. Informes de Gisele Vitória, colunista de ISTOÉ.

ECONOMÊS ACESSÍVEL - Terminou por volta das 16h20 desta quinta-feira (26) a cerimônia de cremação do corpo do jornalista Joelmir Beting, na Grande São Paulo. Aos 75 anos, ele morreu na madrugada desta quinta, na capital. A cerimônia ocorreu no Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, e foi aberta apenas para familiares. Mais cedo, o corpo de Beting foi velado no Cemitério do Morumbi, na Zona Sul de São Paulo.

EM CASA - O “Prêmio Extra de Televisão 2012” reuniu as maiores estrelas da televisão brasileira. Homenageados ou premiados, atores, apresentadores e equipes técnicas dos programas fizeram a festa no palco e na plateia do Vivo Rio. Por ser veículo do Grupo Globo, claro, a maioria dos premiados – se não todos – fazem parte da rede. Meu pirão primeiro.

SEM SURPRESAS - Avenida Brasil, escrita por João Emanuel Carneiro, saiu vitoriosa em seis das nove categorias em que foi indicada. Debora Falabella e Adriana Esteves concorriam ao prêmio de Melhor Atriz. Venceu Adriana. Cacau Protásio (a impagável Zezé) foi eleita a Revelação do Ano. O Crô, mordomo da vilã Teresa Cristina em Fina Estampa, rendeu a Marcelo Serrador o prêmio de Melhor Ator.

MADE IN - The Voice Brasil, se firmou como o Melhor Enlatado importado da temporada.

MAIS E O MESMO - Sucesso da grade da Globo às terças-feiras, Tapas & Beijos também se consolidou na preferência popular e ganhou como Melhor Programa de Humor. Mostrando que a falta de renovação na TV brasileira é imbatível, Luciano Huck levou o troféu de melhor apresentador pelo sétimo ano consecutivo. Quem souber responda: é mole?

FALA POVO – “Sei que o jornal Extra é do grupo Globo, mas poderia premiar os artistas de outras emissoras. Rodrigo Faro é um ótimo apresentador! O jornal da band também é excelente”. Quem pensa que a "Carminha" foi o melhor papel de Adriana Esteves, se engana. O melhor dela foi como Dalva e Herivelto - uma canção de amor.

FALOU – A periguete Maria Vanúbia, em Salve Jorge, Roberta Rodrigues conta que foi criticada por ter se livrado dos cachos para a personagem. “Não é porque alisei o cabelo que perdi minhas origens. Não defendo bandeira nenhuma, defendo fazer o que você gosta e acredita”.

Joelmir Beting, paixão por economia e pelo verdão Joelmir Beting, paixão por economia e pelo verdão
Roberta Rodrigues marca posição firmeRoberta Rodrigues marca posição firme

FUGAZ - O Jornal Nacional é um dos principais prejudicados pela má fase de audiência do folhetim que o antecede e do que o sucede na Globo. Guerra dos Sexos não desempenha bom papel de “escada” e, ainda, Salve Jorge não consegue salvar nem segurar preferência de espectadores. Tem quem raciocine que a diferença entre Caminho das Índias e “Salve” está nos costumes e idiomas. Danças e músicas.

PAROLAGEM FLÁCIDA - Em julho, com média de 31 pontos de ibope, o JN caiu em novembro para a pior média mensal do ano: 24 pontos. Em outubro, mesmo com o horário eleitoral, o jornalístico registrou média de 26 pontos de audiência.

QUALIDADE PERDE - Com a queda de público do JN, duas emissoras ganharam audiência no horário: o SBT, com Carrossel, e a Record, com o Jornal da Record. A primeira cravou média entre 12 e 13 pontos, que é grande marca para produção infantil exibida em horário errado. O JR foi de seis pontos (outubro) para oito (novembro).

MUDAM AS MOSCAS - O Aprendiz voltará ao ar na Record em setembro de 2013, sob o comando de Roberto Justus. A novidade ficará por conta do elenco do programa. A emissora pretende convidar famosos e empresários para participarem. A premiação ainda não foi definida.

E A PROGRAMAÇÃO, Ó! - A TV paga voltou a ter um mês em crescimento. O mercado de TV por assinatura chegou a um total de 15,5 milhões de assinantes em outubro, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Com os novos assinantes, o mercado obteve crescimento de 2,1% em relação ao mês anterior. Em setembro, o crescimento foi 1,84%. Entre janeiro e outubro, cresceu 20,2% no país. A depender das faixas menores de pagamento, melhor é continuar com TV digital (marca do dedão sujo de tinta de carimbo).

VÉSPERA DE TERÇA – Edilson de Souza Braz opina que com a troca de “Mano por Felipão, o Brasil terá o mesmo destino do Palmeiras”. Sem comentários.

Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...
TV e federação também bagunçam o futebol local
ISTO É PLANEJAMENTO – Cronista esportivo informa a próxima rodada do campeonato sul-mato-grossense de futebol: “...caso não haja alterações durante a...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions