A notícia da terra a um clique de você.
 
31/01/2016 07:00

30% das pequenas empresas fecharão as portas em três meses?

Mário Sérgio Lorenzetto
30% das pequenas empresas fecharão as portas em três meses?

Pesquisa Datafolha mostrou que diante da escassez de capital de giro, 14% dos micro e pequenos empresários estão recorrendo ao cheque especial para pagar suas contas. Cheque especial é igual a bomba sincronizada, explodirá a conta. Com os juros nas alturas, e com forte tendência de alta, a atitude dos pequenos empresários revela grande desespero. Sem vislumbrar um cenário positivo, 30% dos entrevistados pela Datafolha temem pelo fechamento de sua empresa nos próximos três meses.

Veja Mais
O Brasil voltou aos mesmos ideais de 1920
Os governantes que ouvem os cidadãos

30% das pequenas empresas fecharão as portas em três meses?
30% das pequenas empresas fecharão as portas em três meses?

O visionário da ficção científica.

Assistiu Blade Runner, Minority Report, Vingador do Futuro ou o Homem Duplo? Saiba que todos esses filmes, e tantos outros, saíram da mente brilhante, e louca, de Philip K. Dick. A chegada de Dick à ficção científica se deu aos 23 anos de idade. Trabalhou três anos em seu primeiro livro - "Loteria solar" que obteve pequeno êxito. Nessa época ele já havia casado duas vezes: um rápido casamento com uma cliente da loja de discos onde trabalhava, e um mais duradouro com uma estudante esquerdista de origem grega. Suas ideias contra qualquer tipo de totalitarismo fizeram com que ele fosse investigado pelo FBI em 1955. O casal cansado das perseguições foi viver no campo. Ali conheceu sua terceira esposa e converteu-se ao catolicismo. A vida tranquila e familiar não lhe caiu bem. O levou a aumentar o ritmo de trabalho e a usar, cada vez mais, medicamentos tarja preta, mas seguia sendo um desconhecido para o mundo, mesmo com a publicação premiada do "Homem no castelo".

Influenciado por Jung e Huxley deu iniciou a uma reflexão sobre o conceito de realidade. Em pleno furor do LSD, Dick foi visto como o farol da contracultura. Divorciou-se novamente e foi acolhido pela Califórnia hippie como um autor maldito entregue às drogas psicodélicas. Nada menos que John Lennon entrou em sua vida. Queria adaptar ao cinema uma das novelas de Dick. Sua casa virou o centro do LSD e da maconha. Um novo casamento com uma jovem de 19 anos lhe deu estabilidade emocional que coincidiu com a publicação de seus escritos mais célebres, como "Os androides sonham com as ovelhas? (que foi para o cinema com o nome de Blade Runner) e "Ubik". Mas a calma não durou muito. A dependência às drogas cobrou a fatura: foi internado no hospital com graves lesões renais. Um ano depois, sua mulher o abandonou. Para exorcizar o medo da solidão, encheu sua casa de gente. Virou um santuário para todo tipo de hippies que colocavam discos e fumavam enormes quantidades de maconha enquanto ouviam as teorias de seu gordo e bonachão anfitrião. Suas depressões e ataques de pânico recrudesceram, assim como sua tendência à paranoia. Suspeitava que estava sendo vigiado pelo FBI e pela CIA. Após um novo casamento e algumas tentativas de suicídio, viveu seus últimos dias fechado em sua casa. Morreu em março de 1982, a poucos meses da estreia de Blade Runner, o filme que o tornaria mundialmente famoso.

30% das pequenas empresas fecharão as portas em três meses?
30% das pequenas empresas fecharão as portas em três meses?

Ladrões de corpos.

A Londres de princípios do século XIX estava aterrorizada pelos ressurreicionistas, os ladrões que profanavam tumbas recém ocupadas para vender os cadáveres a cientistas e estudantes de medicina para praticar dissecações. A demanda superava de tal maneira a oferta que, em mais de uma ocasião, os ladrões de corpos recorreram ao assassinato para procurar a "matéria prima". Londres condenava, em média, 55 pessoas à pena de morte por ano e as faculdades necessitavam mais de 500 corpos. Cada estudante era obrigado a dessecar no mínimo três cadáveres para graduar-se.

Há pouco tempo o Museu de Londres abriu uma exposição que conta a história desse horripilante período - "Doctors, Dissection and Resurrection Men", uma exposição não apta para hipocondríacos mostra instrumentos cirúrgicos, desenhos e modelos anatômicos dessa época. Assim como também aparecem artefatos relacionados com os temíveis ressurreicionistas. Somente a partir de 1832, graças a "Anatomy Act", puderam dispor de qualquer cadáver não reclamado por seus familiares. Essa polêmica lei, que esteve em vigor até 2004, significou basicamente que fossem os pobres a abastecer a ciência médica. A ideia de doação do corpo ou de parte do corpo, voluntariamente, só começou a surgir no mundo após a Segunda Guerra Mundial. No Brasil a lei 8.501 determina que o ensino de anatomia deve ser feito com a utilização de corpos de pessoas que não foram procurados por amigos ou familiares. Está em vigor desde 1992.

30% das pequenas empresas fecharão as portas em três meses?
30% das pequenas empresas fecharão as portas em três meses?

Câmara Federal aprovará o projeto de denúncia premiada?

O projeto de lei 83, de 2015, será analisado pela Câmara dos Deputados brevemente. Prevê uma recompensa de 10% dos valores efetivamente recuperados para quem denunciar crime contra a administração pública. A proposta prevê que o recebimento da recompensa ficará condicionado ao teor da denúncia, que precisará ser consistente e auxiliar a desvendar o crime. A delação deverá ser formal e por escrito, sendo assegurado o sigilo do informante. O projeto é assinado por três parlamentares: Pompeo de Mattos (RS), Enio Bacci (ex-deputado do RS) e Carlos Manato (ES). Esse é um verdadeiro mecanismo contemporâneo, e não peca por dar maiores poderes a qualquer grupo fiscalizatório, em detrimento de outros, pois vale para todos. Concede o maior de todos os poderes: o do dinheiro. Todavia, falta a reformulação completa do que é ainda mais importante: a obsoleta e ineficaz Lei das Licitações.

É de estranhar, o país ficou paralisado por um ano, as mídias bombardearam e trovejaram toda sorte de corrupção, e ninguém fala na "Mãe da Corrupção" que é a lei licitatória. Continuaremos a viver sob a égide das imensas facilidades criadas por ela? Brasília terá coragem de premiar denunciantes? Tenham absoluta certeza: neste momento em todos os governos municipais, estaduais e federal estão ocorrendo muitas "operações" de desvio de dinheiro público. Em todos. Sem nenhuma exceção. O maior duto de desvio de dinheiro está no processo licitatório.

30% das pequenas empresas fecharão as portas em três meses?



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.