A notícia da terra a um clique de você.
 
27/10/2015 08:43

As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam

Mário Sérgio Lorenzetto
As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam

Má notícia: um órgão da Organização Mundial de Saúde afirma que as carnes dos embutidos são cancerígenas e todas as carnes vermelhas talvez também sejam.

Veja Mais
Descascar mais, desembalar menos
Diga sim à vida. O aborto é inaceitável

A Agência Internacional para Pesquisa do Câncer (IARC), que pertence à OMS, acaba de anunciar que "A carne processada [embutidos] foi classificada como cancerígena para o ser humano, com base em indícios suficientes segundo os quais seu consumo provoca câncer colo retal [cólon e reto]".

Em seu relatório, a agência da OMS explica que as conclusões estão baseadas na "literatura científica acumulada" e examinada por "um grupo de trabalho de 22 especialistas de 10 países". De acordo com a OMS deveríamos deixar de nos alimentar com salsichas, presuntos, linguiças, carnes enlatadas, carne e todas as demais carnes usadas em molhos.

Para piorar, a OMS diz que as carnes vermelhas foram classificadas como "provavelmente cancerígenas para o ser humano, com base em indícios limitados, segundo os quais seu consumo induz ao câncer". Deveríamos evitar o consumo de carne bovina, suína, ovina e caprina. Só nos alimentaríamos de carne de peixe e frango. Em verdade, a diminuição ou subtração de carnes embutidas e vermelhas já vinham sendo aconselhadas pelos médicos oncologistas há vários anos. A OMS referenda a suspeição. É uma notícia que pode abalar parte da economia do Mato Grosso do Sul baseada na pecuária.

As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam
As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam

Dados do câncer de cólon e reto.

A população do Mato Grosso do Sul é disparada a maior consumidora, percentual, de carne bovina do país. Esse primeiro lugar disparado não nos coloca na primeira posição dos pacientes de câncer do cólon e reto, mas estamos entre os seis estados com as maiores incidências. A ordem de incidência bruta - válida para homens e mulheres de toda as idades é: Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Paraná e Espírito Santo. Em 2014, surgiram no país pouco mais de 15 mil homens com esse câncer e 17.530 mulheres. Os fatores de risco seriam o consumo de carnes - embutidos e vermelha - de álcool, tabagismo, obesidade e história familiar de câncer. Os fatores protetores são sobejamente conhecidos: consumo de verduras e atividades físicas. Talvez venha a ocorrer algum debate sobre essa notícia da OMS. Mas há um cuidado que deve ser obrigatório independente de quem se posicionar contrariamente à OMS: o exame denominado "colonoscopia" é indicado para todos os adultos. É um exame difícil, mas suas complexidades não podem servir de desculpas para não ser realizado ao menos uma vez ao ano. Ele detecta os pólipos, lesões, benignas ou malignas, que podem crescer na parede interna do intestino grosso. Esse câncer é curável quando detectado precocemente.

As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam
As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam

Pesquisa Ibope mostra o brasileiro intolerante com os políticos.

Três anos antes das "prováveis" eleições para Presidente da República e o Ibope realiza uma pesquisa para analisar os candidatos que estão na imprensa (seria exagero dizer que estão "nas ruas" ou na "cabeça do povo"). As duas indagações divulgadas pela empresa mostram com toda a clareza o que é perceptível - a população está com elevado grau de intolerância para com os políticos. Ao contrário do que alguns querem acreditar não são apenas os petistas a serem rejeitados. Há um desânimo e descrédito de todos: tucanos, "marinistas" e sobra até para o Ciro Gomes que acabou de retornar à vitrine política.

Os números divulgados possivelmente ensejarão algum debate. Caso os fanáticos partidários observem apenas a rejeição, afirmarão que Lula está com 55% da população garantindo que não vota nele "de jeito nenhum" e que Aécio tem 47% de rejeição. Para os tucanos, Aécio já ganhou pela diferença de 8% a menos de rejeição. Os outros candidatos também têm elevado grau de rejeição: Serra 54%, Alckmin 52%, Ciro 52% e Marina 50%. O "pequenino" problema é que tecnicamente é desaconselhável um pré-candidato concorrer com mais de 41% de rejeição. Quem se aventurar, perderá. Todos estão com percentual de rejeição muito superior aos 41% fatídicos.

Mas os petistas não ficam sem argumentos. O Ibope foi complacente com os dois polos. Quando surge a pergunta em quem votaria "com certeza", os entrevistados deram 23% para Lula, 15% para Aécio, 11% para Marina, 8% para Serra, 7% para Alckmin e 4% para Ciro. Mas, a verdade é que esses percentuais não são bons para nenhum deles. A soma dos votos para algum candidato é de 68%. São 32% dos eleitores dizendo que não vota em nenhum deles. Esse também é um número determinante. O maior perigo está posto: um aventureiro, um salvador da pátria, um figurino semelhante ao de Collor, terá excelentes condições de vencer o distante "possível" pleito. A alternativa é apenas ler a pesquisa, sem criar tese - teremos um maremoto de botão "Branco" apertado nas urnas. Algum desses candidatos vencerá, mas será contra a vontade de uma quantidade impressionante de eleitores.

As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam
As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam

Um negócio de R$ 2 bilhões que desperta a atenção de poucos.

Existe algo mais burro que a "burocracia brasileira"? A burocracia parece um pesadelo: arquivos crescem 25% a cada ano e, se sua empresa não faz o arquivamento correto, perde quatro semanas por ano na procura de informações em documentos. Por isso, o serviço de arquivamento é cada vez mais um bom negócio.

Com certeza você já precisou encontrar um documento em sua empresa e não conseguiu, como se duendes o tivessem escondido. Todas as empresas montam um "armazém" de pastas e caixas. Ter tudo organizado é essencial para cumprir determinações legais - afinal, nunca se sabe quando um fiscal baterá em sua porta. Mas também, o arquivamento correto ajuda a tomar decisões bem fundamentadas - nos documentos é que está a base de conhecimento da empresa.

Os fornecedores desse serviço movimentam cerca de R$ 2 bilhões anuais no país. Eles digitalizam os documentos e armazenam na nuvem. Embora sem valor legal na maioria das vezes, uma cópia digital pode, eventualmente, ser aceita como prova por um juiz na falta do original. A digitalização ajuda a encontrar um documento original com facilidade, pois eles passam a ser identificados com código de barras.

As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam
As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam

A sobrevivência dos cigarros: antes do câncer, a hanseníase e o exibicionismo.

Os cigarros saíram da Vírginia, nos Estados Unidos, no século XVII, para se tornar a primeira mercadoria global. As ilhas pertencentes à Espanha, no Caribe, já o fabricavam antes da Virgínia promover sua exportação para o mundo; todavia, o cigarro gozava de má fama, era apanágio de ricos exibicionistas que gostavam de "soltar fumaça pelos narizes". Assim, a Espanha perdeu uma fortuna que foi parar graciosamente nos cofres ingleses (Virgínia pertencia à Inglaterra).

No século passado, bem antes das ponderações do cigarro ser um dos responsáveis por alguns cânceres, esse papelucho cheio de tabaco teve de enfrentar uma onda de boataria. Tudo começou em uma fábrica de cigarros denominada Chesterfield. Essa fábrica era líder de mercado, mas em 1934, surgiram boatos de que um homem que sofria de hanseníase trabalhava na fábrica de Richmond, na Virginia (onde a história do cigarro como mercadoria começou). Com medo da doença, muitos fumantes abandonaram o vício e outros, ainda que receosos, apenas trocaram de marca. As vendas caíram drasticamente. Só foram se recuperar dez anos depois.

As carnes dos embutidos são cancerígenas e as carnes vermelhas talvez sejam



Eu fico abismado com o tanto de asneiras que os cientistas publicam sem medo de ter vergonha, a carne vermelha é responsável por nossa inteligencia, se o homem fosse vegetariano, seriamos homens das cavernas até hoje, os ditos cientistas a cada ano dizem uma asneira sobre o ovo, por exemplo, até hoje eles não sabem se o ovo faz bem ou mal, oras, estão estudando os efeitos do ovo no organismo humano há mais de 30 anos e ainda não chegaram em uma conclusão correta sobre o assunto, mas a carne, que começaram agora, eles já tem certeza que mata, dá cancer, etc, se seguirmos a lógica dos cientistas, a raça humana deveria estar extinta e não cada vez mais populosa, não acham?
 
Max em 27/10/2015 12:30:41
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.