A notícia da terra a um clique de você.
 
01/07/2016 08:11

Como planejar a morte da sua sogra

Mário Sérgio Lorenzetto
Como planejar a morte da sua sogra

Utilizando apenas outdoors, a carioca Sinaf vem dando um banho de bom humor em sua propaganda. Focada apenas em seguro-funeral, a Sinaf inovou e ficou famosa ao tratar de um tema delicado abusando do bom humor. Seus outdoors dizem: "Como planejar a morte da sua sogra", "Vai que um dia você não acorda e está rico" e o sensacional "Nossos clientes nunca voltaram para reclamar".

Veja Mais
Povo nas ruas novamente. Como fica a Previdência?
Descascar mais, desembalar menos

Inteligência e bom humor vendem como pãozinho quente. A Sinaf está crescendo. Além dos planos destinados a cobrir os gastos quando o segurado passa desta para a melhor, a empresa agora reforça a oferta com seguros de vida. E o melhor, não sai pela hora da morte, custa barato. O plano de assistência funeral sai por R$ 35 mensais e garante R$ 5 mil para pagar as despesas.

Como planejar a morte da sua sogra

As empresas voltarão a doar dinheiro para os partidos em 2018?

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), vedou, expressamente, a possiblidade dos partidos políticos receberem qualquer tipo de doação em dinheiro, inclusive por meio de publicidade, segundo a resolução 23.463. Por outro lado, essa regra é válida para as eleições municipais de 2016. O TSE não fez qualquer menção para as eleições de 2018.

Segundo os advogados Daniel Burg e Tamara Furman, autores do estudo que alerta para um futuro problema, o STF não proibiu, em definitivo, tais doações. Dentre outros argumentos, afirmam que: "O próprio ministro Luis Barroso afirmou que caberá ao Congresso definir se as empresas poderão participar financeiramente do processo eleitoral". No Brasil, as regras eleitorais são mudadas ao sabor dos ventos, especialmente quando viram tempestade.

Como planejar a morte da sua sogra

Pesquisa. Homens querem diversão, mulheres preferem poupar.

A pesquisa veio corroborar uma sensação existente. Quem se preocupa com os lares são as mulheres. A maioria dos homens quer saber de bar e futebol. O estudo revela ainda como dividem o tempo: 74,3% das mulheres dedica uma hora ou mais preparando refeições; contra 22,8% dos homens. As mulheres dedicam 35,9% de seu tempo "livre", limpando a casa; contra 7,4% para os homens. E 10,5% desse tempo fora do local de trabalho, as mulheres dedicam a cuidados com as roupas; contra 1,4% para os homens. Todavia, nem só de futebol e bar vivem os homens. 34% dos homens levam trabalho para casa, contra 28% das mulheres que dão respostas a questões do trabalho remunerado em seu tempo livre. Ou seja, em tempos de crise, uma em cada três pessoas admite trabalhar além do tempo contratualizado. Também vale ressaltar que nas camadas mais jovens, essas diferenças tendem a desaparecer.

Como planejar a morte da sua sogra

Bolsonarinho garante: "Tem gays na minha equipe".

Flávio Bolsonaro é deputado estadual no Rio de Janeiro e filho do deputado federal Jair Bolsonaro. Pretende ser candidato a prefeito do Rio de Janeiro. Parece que já entendeu que em uma eleição majoritária não cabe posições radicais como as expressadas pelo pai. Ele afirma que por ser de uma geração diferente à do pai foi criado de maneira diferente.

"Tenho visão de mundo um pouco diferente. Não muda muita coisa. Tenho gays na minha equipe, tem na minha assessoria na Assembleia e os que estão na campanha. Levo em consideração a competência. Se é homossexual, polissexual ou outra coisa, não me importa". Filho de tubarão, devorador de gay, virou golfinho. O que não faz uma campanha...




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.