A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


27/10/2014 09:00

11 dicas para ensinar o valor do dinheiro às crianças

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Ensinar o valor do dinheiro para as crianças, num mundo de consumo, não é tarefa fácil.Atitudes como comprar o presente à vista, negociar presentes mais em conta e educativos para os filhos ou fazer atividades ao ar livre para desestimular o consumo excessivo são algumas opções.Confira, a seguir, 11 dicas para ensinar as crianças a lidar melhor com dinheiro.As sugestões são do educador financeiro Reinaldo Domingos, presidente da Dsop Educação Financeira e do diretor de educação financeira da Febraban, Fábio Moraes.

Veja Mais
Como os atletas perdem milhões
Qual é a melhor hora para comprar?

1Defina o valor do presente: Se for dar um presente, este deve caber no orçamento da família. Será que o seu filho precisa do celular de última geração ou do videogame mais caro? Explique para ele que dinheiro é obtido com trabalho, e não deve ser desperdiçado.

2Sou obrigado a comprar presente?: Muitos pais se sentem pressionados a comprar presentes porque os filhos choram e imploram por objetos. Isso é uma atitude equivocada. Um presente não precisa ser caro e muito menos prejudicar as finanças da família. O mais importante é oferecer carinho e afeto. Uma lembrancinha com amor pode e deve ser valorizada.

3Ensine a lidar com o dinheiro: Aprender a lidar com dinheiro não é rápido. Se a criança pedir um presente de alto valor, o ideal é estimulá-la a poupar o valor da mesada para comprar o objeto desejado.

4Como poupar para o sonho: Um método pode ser comprar três cofrinhos e colocar em cada um o nome do sonho. O ideal é ter um sonho de curto prazo, como um brinquedo ou roupa, um de médio prazo, como comprar lembranças numa viagem; e um de longo prazo, como comprar um videogame caro. Estimule a criança a realizá-los.

5Ensine a prudência: Não use cheque especial para dar um presente: se não puder dar nenhum presente agora, faça uma atividade ao ar livre, dê tempo para seu filho. Não ensine a ele a imprudência financeira.

6Cuidado com as parcelas: Se optar por um presente mais caro, verifique se as parcelas cabem no orçamento. Dê preferência para pagar à vista e peça desconto. Não compre se for se endividar.

7Cartão de crédito: só se puder pagar: Se for parcelar a compra no cartão de crédito, tenha certeza de poder pagar a fatura à vista. Caso contrário, mude o presente para não se endividar. Ensine para o filho que o cartão não é mágico: é preciso ter dinheiro para comprar.

8Aproveite o tempo juntos: Há muitas atividades ao ar livre e de baixo custo como piquenique no parque, visitas a centros culturais, museus. Ensine ao seu filho a descobrir o prazer nas atividades que não envolvem consumo.

9Dê mesada: A mesada é um instrumento de educação financeira e pode ajudar as crianças a entender o valor do dinheiro. Ensine o filho a usar uma parte da mesada para consumo e outra parte para poupar.

10Avareza, não!:O dinheiro da mesada deve ter uma finalidade. Uma parte deve ser gasta para o consumo e a outra parte deve ser poupada para realizar os sonhos à medida que consegue economizar. Mas o dinheiro não deve ser guardado por guardar, pois isso é estimular a avareza.

11Faça outras crianças felizes: Ensine a repartir. Regularmente, estimule a criança a separar roupas e brinquedos para doação. Assim seu filho aprende a fazer outras crianças felizes também.

Fonte:UOL economia.
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.mayel.com.br

Como os atletas perdem milhões
Recentemente, um amigo me enviou um artigo de revista que continha alguns exemplos divertidos dos gastos fora de controle de atletas profissionais. C...
Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions