A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


30/05/2014 15:05

Como reduzir os juros de uma dívida

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Para saldar uma dívida o mais rápido possível, você precisa garantir que uma parte menor do seu dinheiro seja destinada a pagar os juros e que a parte maior seja destinada a pagar o principal da dívida. Uma maneira de conseguir isso é fazer pagamentos de parcelas maiores do que o mínimo mensal. Outra forma é procurar obter de uma taxa de juros mais baixa.

Veja Mais
Como os atletas perdem milhões
Qual é a melhor hora para comprar?

Por menor que seja a redução que você venha a conseguir na taxa de juros, isso significará mais dinheiro disponível para o pagamento de sua dívida todos os meses. Uma economia de R$ 100 ou R$ 200 por mês pode não parecer muito, mas destinar esse valor para o pagamento de sua dívida pode ser de grande ajuda. Quanto maior for sua parcela, maior a economia obtida com a redução dos juros.

Veja, a seguir, algumas sugestões para reduzir os juros de suas dívidas e, com isso, acelerar sua quitação.

1 - Solicite uma taxa de juros mais baixa à instituição financeira ou operadora do cartão de crédito. É simples assim. Ligue para o serviço de atendimento ao cliente e diga que você está fazendo uma pesquisa e comparações por melhores condições. Se você tiver recebido uma oferta pré-aprovada para um cartão de crédito com uma taxa de juros menor, informe-os sobre essa oferta e talvez a empresa de seu cartão de crédito atual possa igualar os termos. O mercado de cartões de crédito é muito competitivo, por isso, com frequência, um pedido de redução dá resultado.

2 - Priorize suas dívidas conforme a taxa de juros. Para reduzir ao mínimo os juros que você paga, concentre-se em pagar o mais rapidamente possível o total das dívidas que apresentam as taxas de juros mais altas. Mantenha todas as suas contas em dia, pagando pelo menos o valor mínimo mensal de cada uma. Concentre-se em pagar todos os meses o valor máximo que você puder das dívidas que têm os juros mais altos.

O que você está esperando? Ligue já para seus credores e peça para baixarem suas taxas de juros! Você não tem nada a perder. Ao contrário, tem muito a ganhar! Até á próxima!

Fonte de informações: consumidorconsciente.org

Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen– Criador do portal www.manualinvest.com

Como os atletas perdem milhões
Recentemente, um amigo me enviou um artigo de revista que continha alguns exemplos divertidos dos gastos fora de controle de atletas profissionais. C...
Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions