A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


16/04/2014 07:53

Diversificando os Investimentos

(*) Emanuel Gutierrez Steffen

O principal e melhor investimento é guardar dinheiro. Sim, porque esse é o primeiro e verdadeiro objetivo que precisa ser alcançado e mantido para quem busca sucesso financeiro e um futuro mais rico. Quem consegue superar o desafio de gastar menos do que ganha e separar parte da diferença para investir, já pode se considerar alguém muito diferenciado, um verdadeiro vencedor.

Veja Mais
Como os atletas perdem milhões
Qual é a melhor hora para comprar?

Para potencializar seus resultados é importante adotar dentro de seu planejamento a estratégia de diversificar os investimentos, investindo em produtos de características distintas de forma a compor uma carteira que represente seu perfil enquanto investidor e seus objetivos de curto, médio, e longo prazo. Desta forma, suas decisões financeiras garantirão boas rentabilidades e ao mesmo tempo segurança – não perder todo dinheiro caso uma aplicação não tenha o resultado esperado por exemplo.

A primeira atitude é criar um fundo de reserva, ou seja, uma aplicação simples que tenha liquidez e que seja sua segurança para momentos emergenciais ou que fujam do planejamento habitual, mas que mantenham presentes seu potencial de investimento. A ideia básica é utilizar o fundo de reservas para a emergência e preservar os demais investimentos.

Abaixo seguem algumas sugestões para investimentos a partir de R$ 100,00. Lembre-se que, mais do que nunca, seu envolvimento com as aplicações potencializará seus ganhos à medida que for compreendendo melhor o mercado e suas “oportunidades”. Invista em produtos e alternativas que conhece e com as quais se sente confortável.

- R$ 100 a R$ 1000: Para estes valores, os fundos de renda fixa e DI cobram altas taxas de administração. É preferível deixar o dinheiro na caderneta de poupança ou aplicado em títulos do Tesouro até que seja possível ter pelo menos R$ 5.000,00.

- R$ 1.000,00 a R$ 5.000,00: Diversifique, optando por títulos públicos (Tesouro Direto), fundos multimercado e de ações, na proporção aproximada de 60%, 30% e 10% respectivamente. Lembre que a taxa básica de juros está em seu menor patamar histórico e, desta forma, é interessante considerar a hipótese de destinar um percentual maior para a renda variável – mas só faça isso se sentir-se confortável. Dentro do seu planejamento, mensure muito bem onde quer chegar e qual o tempo para concluir seus objetivos.

- Mais de R$ 5.000,00: Os fundos bancários (renda fixa, DI etc.) começam a apresentar melhores taxas de administração para aportes deste tamanho e podem ser interessantes. Mas o investimento direto em títulos e também caderneta de poupança não devem ser descartados como opção de baixo risco – faça as contas considerando a rentabilidade líquida.

Mantenha em carteira investimentos também em renda variável, focando objetivos de mais longo prazo, inclusive podendo destinar maior parcela para este tipo de aplicação. Diversificar os investimentos é a atitude inteligente do investidor precavido e disciplinado. O importante não é ganhar muito mais que a média, mas saber diferenciar-se da média de forma segura. Lembre que seu comprometimento e a busca oportuna pelo estudo das alternativas de investimento escolhidas são os fatores que farão bastante diferença em seus resultados.

Mantenha sua disposição e busque manter os aportes mensais, respeitando sempre o investimento frequente. Ao longo do tempo, estes “pequenos” investimentos mensais poderão significar a garantia de seu sucesso e sua independência financeira!

Fonte de informações: http://www.consumidorconsciente.org

Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen– Criador do portal www.manualinvest.com

 

Como os atletas perdem milhões
Recentemente, um amigo me enviou um artigo de revista que continha alguns exemplos divertidos dos gastos fora de controle de atletas profissionais. C...
Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions