A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


09/06/2014 08:22

Gaste de forma inteligente

Por Emanuel G. Steffen (*)

Você já decidiu assumir o controle de sua vida financeira e dar o primeiro passo rumo à independência financeira: criar um orçamento. Mas, e agora, por onde começar?

Veja Mais
Analfabetismo financeiro segue alto na era da informação
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?

1. Reúna todas as suas contas: Para começar, reúna todas as informações sobre suas receitas e despesas do último mês.
- Todas as contas e recibos de compras feitas com dinheiro vivo
- Todos os recibos de compras feitas com cartão de crédito
- Todos os seus extratos de contas (bancários, cartão de crédito, empréstimos etc.)
Registre os valores de tudo o que você ganha e do que gasta todos os meses em sua Planilha de Receitas e Despesas. Se suas despesas forem maiores que suas receitas, você precisa começar urgentemente a gastar menos.

2. Identifique as despesas fixas e as despesas variáveis:
As despesas fixas são aquelas que você paga todos os meses e não podem ser eliminadas pois correspondem a obrigações ou necessidades, como: aluguel, transporte e alimentação.Já as despesas variáveis são as que variam de um mês para outro e que você pode reduzir ou eliminar, como: comer fora, roupas e lazer.Ao analisar seus gastos, você poderá reservar uma verba fixa para as despesas variáveis. O objetivo é reduzir ao máximo suas despesas variáveis e usar o dinheiro que sobra para saldar dívidas e para poupar.

3. Crie um plano: Agora que já anotou suas receitas e despesas no papel, você poderá identificar maneiras para reduzir suas despesas e economizar.
Calcule quanto precisa para cobrir suas despesas fixas
Calcule quanto será destinado a reduzir suas dívidas
Determine quais despesas são necessárias e quais podem ser reduzidas
Calcule quanto reservará para emergências
Calcule quanto sobrará para destinar a despesas variáveis

Certifique-se de pagar suas despesas mensais com suas receitas e não com cartões de crédito. Se você usar um cartão de crédito para cobrir suas despesas, isso só servirá para aumentar seu endividamento.No começo, é um pouco difícil acostumar-se a se organizar e anotar todos os seus gastos, mas com o tempo isso se tornará um hábito e será cada vez mais fácil controlar seus gastos.

Fonte de informações: consumidorconsciente.org
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel G. Steffen, criador do portal www.manualinvest.com

Analfabetismo financeiro segue alto na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...
Não supervalorize coisas
Um experimento social muito famoso, executado em diversos países e no Brasil, relaciona dois grupos de indivíduos: o primeiro grupo ganha um objeto e...
O brasileiro nasce, cresce, põe o nome no Serasa e morre?
A pergunta do título é, na verdade, uma piada (de mau gosto) antiga que circula no Brasil. Com as taxas de juros que praticamos aqui, é muito fácil s...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions