A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


12/02/2014 08:23

Prepare-se para trabalhar na aposentadoria

(*) Emanuel Gutierrez Steffen

O artigo de hoje foi publicado pelo renomado consultor financeiro Gustavo Cerbasi. O mesmo trata com maestria este assunto obrigatório na vida de todos nós, analisando os principais cenários que aguardam os futuros aposentados. Indo muito além dá simples poupança para deixar de trabalhar, Gustavo verifica fatores como a longevidade, a exigência crescente por qualidade de vida, e o trabalho por prazer, não mais por mera necessidade. Vale a penas tirar um tempo para meditar em suas palavras, e se planejar para esta nova realidade dos “velhinhos do amanhã”. O planejamento é essencial, para não consumirmos tudo hoje, o que implicara em continuar a trabalhar para bancar cada mês de vida que ainda reste pela frente. Já é um fato observável que a preocupação contemporânea com qualidade de vida está nos garantindo mais anos e mais inspiração para o consumo. Se considerarmos os gastos crescentes com a saúde e a necessidade crescente de conforto, não é exagero estimar que viver bem signifique gastar bem mais do que gastamos hoje, mesmo com hábitos de lazer supostamente menos frequentes e com filhos emancipados. Vejamos então, os pontos principais:

Veja Mais
Qual é a melhor hora para comprar?
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação

Um fenômeno ainda pouco estudado é que mesmo os que se planejam para um futuro abastado provavelmente estarão trabalhando ativamente na época em que um dia imaginaram estar aposentados. Isso se deve à liberdade de escolha resultante da independência financeira. Quanto maior o patrimônio acumulado, menor é o temor de que uma escolha importante dê errado. Reservas financeiras amenizam nossa ansiedade. Por exemplo, imagine-se na situação de ter que abandonar o emprego atual e arriscar em uma nova função que tenha algum risco de não ser bem sucedida. Com reservas financeiras, você sabe que, se não der certo, terá tempo para voltar atrás e retomar sua antiga atividade. Já quem vive no limite de suas finanças evita se expor ao risco de mudanças ousadas. Sem assumir riscos, não erra, mas também não evolui. Isso leva à rotina e ao desgaste, que por sua vez aumenta o desejo de se aposentar na medida em que o tempo avança.

Quem planeja adequadamente seu futuro se sente profissionalmente mais seguro e amparado para ousar. Isso aumenta seu leque de experiências e referências, gerando um diferencial curricular que tende a aumentar o número de convites para oportunidades. Na prática, quando a independência financeira é alcançada e a pessoa tem a oportunidade de deixar de trabalhar, sua bagagem lhe oferece tantas oportunidades que dificilmente esse profissional não encontrará algo que o atraia. Trabalhar pelo prazer e não pelo dinheiro é isso!

Todo dinheiro que entra é bem-vindo, mas o objetivo do trabalho é manter-se inspirado. Isso explica por que muitos empresários e profissionais de sucesso se mantêm ativos muito além da idade típica da aposentadoria. Trabalharemos em nossos últimos anos de vida, seja como consequência do planejamento financeiro ou da falta dele. Esqueça a ideia de um dia parar de trabalhar e comece já a cuidar de sua educação para se manter valorizado pelas próximas décadas. Não há nada pior do que parar por falta de opção. Não deixe de compartilhar sua opinião. Até a próxima!

Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas conseqüências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.manualinvest.com

Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...
Não supervalorize coisas
Um experimento social muito famoso, executado em diversos países e no Brasil, relaciona dois grupos de indivíduos: o primeiro grupo ganha um objeto e...



QUANDO EU ME APOSENTAR EU VOU SAIR DA ESCRAVIDÃO DE TRABALHAR PROS OUTROS E VIVER MINHA VIDA FAZENDO O QUE EU GOSTO DE FAZER. PELO AMOR DE DEUS.
 
Cyro chan em 12/02/2014 12:45:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions