A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


04/08/2014 08:32

Prioridades e consumo supérfluo

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Tome cuidado com as compras por impulso. Todos nós gostamos de consumir: um passeio ao shopping com os filhos, uma viagem de final de semana, uma ida a lojas. Mas quando se estão com as contas em desequilíbrio, é preciso cortar tudo que não seja essencial (como roupas, brinquedo, carro novo etc.) e concentrar o orçamento no que você precisa mesmo para viver, como alimentação, gastos com moradia (aluguel, IPTU, contas de água e luz), plano de saúde etc.Quase a metade dos brasileiros que estão devendo admitem que poderiam ter evitado algumas compras, por terem agido de forma descontrolada ou por impulso. Segundo pesquisas do SPC Brasil, 66% dessas pessoas acreditam que a compra realizada não era necessária. Evite comprar por impulso. Pense bem e reflita para saber se aquele gasto é mesmo necessário.Outro dado interessante da mesma pesquisa revela que 46% dos inadimplentes admitem que poderiam ter evitado a dívida, o que reforça nosso argumento anterior.

Veja Mais
Como os atletas perdem milhões
Qual é a melhor hora para comprar?

Se você precisa trocar de óculos porque seu grau mudou, isso é um gasto essencial. Mas se você quer comprar óculos novos só para ficar na moda, isso é supérfluo. Um tênis novo, por exemplo, pode parecer essencial para um jovem adolescente, assim como uma geladeira maior para uma dona de casa ou um carro novo para o marido.Não queremos que você pare de viver o lado bom da vida e fique só no essencial. Queremos que você aprenda a se organizar para sair do sufoco e viver com mais tranquilidade.Mas para isso, é essencial a mudança do seu comportamento em relação as compras para a sua recuperação financeira. Reveja alguns hábitos na sua rotina e pense duas vezes sempre que sentir vontade de comprar alguma coisa “extra”!

Busque produtos de consumo mais baratos e que “cabem” no seu bolso. Sempre dá para comprar alguma coisa mais em conta, ou mesmo frequentar outro restaurante que não seja caro.Você não precisa deixar de fazer o que gosta – e sim definir as prioridades com o que vai gastar, de que forma vai gastar e que dinheiro tem disponível para isto. Com planejamento, é possível ter um dinheirinho para aquilo que a gente gosta, como ir ao salão, cinema no final de semana, sem desequilibrar as contas! Reserve sempre um valor por mês para gastar com o que é importante para você, sem comprometer as despesas fixas do mês.Você tem mais algum questionamento sobre como definir o que é um gasto supérfluo e um essencial, ou mesmo sobre como planejar melhor suas compras? Tire suas dúvidas sobre este assunto, nos do O Patriarca Investimentos estamos sempre à disposição. Uma ótima semana!

Fonte: meubolsofeliz.com.br
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.manualinvest.com

Como os atletas perdem milhões
Recentemente, um amigo me enviou um artigo de revista que continha alguns exemplos divertidos dos gastos fora de controle de atletas profissionais. C...
Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions