A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


23/12/2011 11:00

Amplavisão

Manoel Afonso

BALANÇO A reforma tributária e a reforma política foram adiadas mais uma vez no Congresso. Pesquisei e não achei uma só matéria que atendesse a grande aspiração da população. A tal ‘Lei das Palmadas’ é o retrato do Congresso.

Veja Mais
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
Pizzas, os políticos não abrem mão delas

MESMICE De um lado a oposição, sem consistência e lideranças de peso. De outro os parlamentares interessados em defender o Governo, mas cegos pela obsessão de levar vantagens eleitoreiras. Continuam pensando no varejo.

O GOVERNO pensa eleitoralmente. E só. Vai empurrando com a barriga de olho nas eleições de 2012 e 2014. A exemplo de FHC e Lula, Dilma não tem interesse em tentar agregar as forças políticas num projeto nacional. Tem medo.

QUESTÕES: É certa a carga tributária e a distribuição destes recursos aos Estados e cidades? O Governo gasta certo na saúde e educação? A Previdência está no caminho certo? O sistema eleitoral que aí está passa que tipo de confiabilidade?

OS PARTIDOS perderam a credibilidade. Viraram siglas de aluguel que atendem a interesses pouco confiáveis. Os acordos às vésperas das convenções passam pelo ‘boca do caixa’ e promessas de vantagens e cargos. Uma vergonha!

INCOERÊNCIA Se Lula bateu duro no esquema da reeleição de FHC, também não implementou as reformas. Ficaram no palanque. A ‘governabilidade’ via ‘Mensalão’ e o ‘acerto com Sarney e cia’ desnudou de vez o PT.

O DISCURSO do PT é outro: optou malandramente pelo ‘partido do desenvolvimento e inclusão social’. Nenhuma alusão a moral/honestidade na administração pública. Mas não se constrói um grande país apenas com cestas básicas.

DILMA Segue o manual deixado por Lula. Joga para a torcida, mas faz vista grossa para as bandalheiras. Os ministros só caíram graças a carga pesada da imprensa. Repito: ela é hoje o único reduto oposicionista confiável aos olhos da opinião pública.

FRASES POLÍTICAS: “Povo é bom visto do palanque. Bom não é ser governo. É ser amigo do governo. A luz que vai na frente é a que clareia mais. Opinião pública é cheque sem fundo. Falar não sei, mas sei dizer.”

MOKA não decepcionou neste primeiro ano de mandato no Senado. E mais: com 7 anos pela frente, terá bom tempo para costurar com calma e habilidade seu projeto pessoal. Detalhe: ele continua forte dentro do PMDB.

O TIROTEIO continua. O CNJ em confronto com entidades dos magistrados. As acusações são de arrepiar. Num país onde o processo do Mensalão cairá na prescrição, nada pode ser levado a sério. A exceção é o ‘jeitinho brasileiro’.

DÚVIDAS Será que a redenção do futebol no MS passa pela transmissão direta dos jogos pela televisão? Será essa alternativa não diminuirá ainda mais o número de torcedores nos estádios? Sinceramente, estou pagando pra ver!

MUDANÇAS-1 Quantos cartões de ‘boas festas’ você recebeu? Pois é! Eles tomaram o mesmo rumo das cartas manuscritas: viraram raridade. Prova que as relações humanas estão se tornando cada vez mais impessoais. Não é?

MUDANÇAS-2 Curtir as férias na casa dos parentes é página virada. Eles estão cada vez mais ‘distantes’, com outros planos e sem tempo para as obrigações de anfitrião. Férias na ‘casa dos tios’, nunca mais. Só em livros de memória.

MUDANÇAS-3 Por razões diversas, as casas diminuíram, a família também. Temos agora uma geração sem muitos primos, sem aqueles laços familiares tradicionais. Os jovens vão sentir falta disso lá na frente, em outra fase. Se vão...

MUDANÇAS-4 No passado os clubes ficavam lotados com o tradicional baile do ‘Reveillon’. Era o evento charmoso, emblemático até. Hoje isso acabou: a família se dividiu e cada qual com sua ‘tribo’, na praia e baladas.

PREOCUPA A facilidade do crédito fazendo vítimas. Pessoas inexperientes se iludem e acabam piorando a sua situação. Os empréstimos aos aposentados, por exemplo, tem-se mostrado mais nocivos que benéficos por várias razões.

AS NOTÍCIAS mostram filhos e netos ‘mamando’ na aposentadoria dos ‘velhos’. Além disso, esses ‘folgados’ também ficam com o dinheiro obtido com empréstimos consignados em nome dos titulares da aposentadoria.

CALMA LÁ! Parentes de vítimas criticam o ‘indulto natalino’. Ora! O beneficiado tem que esperar preso o processo que demora até 6 meses e o benefício não pode ser confundido com a chamada ‘saída’ de Natal. Entendeu?

A OPINIÃO pública é implacável com infratores da lei e se depender dela o ‘apenado’ terá poucas chances de se recuperar. Mas lembro: temos 500 mil pessoas nas cadeias em condições que deixam a desejar. Qual a outra saída?

REFLEXÕES:“Não se iluda, nada muda se você não mudar. O melhor livro de moral é a nossa consciência. O esquecimento é o adubo que nutre a impunidade. O ilícito não adquire legitimidade graças ao decurso de prazo.”

O QUADRO Sai a imagem Papai Noel, entra o clima preocupante: a exaltação ao consumismo, a confusão nas rodoviárias, o apagão aéreo, engarrafamento nas rodovias, aumento de acidentes e de suicídios. E o aniversariante, esquecido!

FELIZ NATAL...PAZ E MUITA SAÚDE EM 2012!

Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...
Junior Mochi, ponto de equilíbrio na Assembleia
NOSTRADAMUS Não tenho seu dom, mas prevejo: o país de 2018 será outro. As delações premiadas da Odebrecht e Andrade Gutierrez cairão como meteorito n...



Em primeiro lugar ti desejar um ano novo com muita saúde e paz. Olha quero apenas ti dizer o seguinte, sou seu fã....Gosto de tudo que vc escreve , vc sabe das coisas, vc conhece a verdade da politica. Abração para todos seus leitores...Luiz.
 
Luiz Correia em 28/12/2011 10:51:18
Amigo Manoel que em 2012 tenhamos grandes conquista um grande abraço
 
Eduardo rocha em 28/12/2011 08:32:56
Manoel Afonso, após o advento da internet, as cartas manuscritas passaram a fazer parte da historia; cartões de Natal? Sòmente os saudosistas como eu, ainda insiste em lembrar dos parentes e amigos com éssa agradável relíquia, uma saudável troca de mensagens que faz muito bem ao espírito; embora a demora da entrega pelos correios, é gratificante recebê-los. Um Feliz Natal à vc e seus leitores.
 
bene rodrigues costa em 27/12/2011 10:39:20
Esta sua ultima frase, fechou com chave de ouro, mas vc devia ter deixado uma outra pergunta aos seus leitores. Quem é o aniversariante? Tenho certeza que inumeras pessoas iriam dizer: "Papai Noel"!
Se os nossos futuros natais, forem desse jeito, não tenho dúvida, será cada vez mais triste natal.
Estimos ano bom para você e todos os seus familiares.
 
Pedro Medeiros em 24/12/2011 08:40:51
Desejo um feliz Natal ao colunista Manoel Afonso e aos leitores dessa coluna, e que em 2012 tenhamos um belo ano, e saibamos escolher nossos representantes para os executivos e legislativos de nossas cidades.
 
Paulinho Barbosa em 24/12/2011 01:04:27
o manoel velho amigo,,passei pra deixar um forte abraço...fiquei feliz em reencontra-lo saude e paz...parabens vc esta com jovem..espiritualmente e fisicamente.....feliz natal
 
miltinho viana em 23/12/2011 09:23:17
Isso mesmo Manoel Afonso, lembram de tudo menos no aniversariante.
Quando se vive em um Pais onde tudo é obrigatório, menos ser honesto e ter responsabilidade, o resultado é esse que ai esta.
Bom Natal e Paz e Saude no ano de 2012.
 
Antonio Marques em 23/12/2011 05:14:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions