A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


12/02/2016 14:12

Capital: pesquisa mostra índice alto de indecisos

Manoel Afonso

PESQUISA Contratada pela Rádio Mega 94,3 FM e executada pela Vale Consultoria e Assessoria entre os dias 4 e 10 de fevereiro, mostra o cenário para as eleições da capital em 7 regiões e nos distritos de Anhandui e Rochedinho. Foram entrevistados 850 pessoas. Registro no TSE-MS 05718/2016.

Veja Mais
A lealdade de Zé Teixeira e a gratidão do governador
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação

BERNAL Avaliação: Ótima/boa 15,29%; regular 23,53%; ruim/péssima 50,23%; não sabe/não respondeu 10,95 %. Problemas: Saúde (45,88%), buracos no asfalto (41,17%), segurança (29,41%), lixo/entulhos (23,52%), brigas políticas (11,76%).

CULPADOS Alcides Bernal (25,88%), Gilmar Olarte (12,95%), vereadores (11,80%), os eleitores (9,40%), o povo não sabe votar (7,00%), todos os políticos (4,70%), Gaeco (4,20%), André Puccinelli (3,52%), Tribunal de Justiça (3,52%), não sabe/não respondeu (17,03).

AVALIAÇÃO da Câmara Municipal: ótima/boa (11,76%), regular (19,40%), ruim/péssima (43,00%), não sabe/não respondeu (25,84%). Carlos Borges "Carlão", Jamal Salem, Magali Picarelli, João Rocha, Paulo Siufi, Ademar Junior "Coringa", Carla Stephanini, Chiquinho Telles, Eduardo Cury, Luiza Ribeiro e Edil Albuquerque, os mais atuantes.

ESPONTÂNEA André Puccinelli 15,29%, Nelsinho Trad 9,41%, Marquinhos Trad 9,17%, Alcides Bernal 7,76%, Zeca do PT 4,47%, Dagoberto Nogueira 3,29%, Ricardo Ayache, Mauricio Picarelli 1,17%, Marcio Fernandes, Pedro Kemp, Tereza Name, Waldemir Moka 0,58%, Carlos Alberto Assis, Mara Caseiro 0,35, Pedrossian Filho, Paulo Siufi, Eduardo Ridel 0,23%. Indecisos/não sabe/ não respondeu 41,62%.

REJEIÇÃO (Estimulada) Bernal 23,52%, Nelsinho 16,47%, Kemp 10,95%, Dagoberto 10,35%, Ayache 8,23%, Marquinhos 4,11%, Mara Caseiro 2,23%, Pedrossian Filho 1,41%, Marcio Fernandes 1,05. Indecisos/não sabe 15,80%.

CENÁRIO-1 (Sem André) Nelsinho 18,88%, Bernal 17,64%, Marquinhos 15,88%, Rose Modesto 5,29%, Dagoberto 4,11%, Kemp 3,52%, Ayache 2,35%, Marcio Fernandes 2,00%, Pedrossian Filho 1,05%, Mara Caseiro 0,82%. Nenhum 11,64%, indeciso/não sabe 16,82%.

CENÁRIO-2 (Sem Marquinhos) Nelsinho 28,23%, Bernal 21,17%, Rose 7,64%, Dagoberto 5,29%, Kemp 4,11%, Ayache 2,94%, Pedrossian Filho 1,29%, Mara Caseiro 1,29%. Nenhum 10,58%. Indecisos/não sabe 15,35%.

CENÁRIO-3 (Sem Nelsinho) Marquinhos 27,64%, Bernal 20,11%, Rose 6,47%, Dagoberto 4,95%, Kemp 3,88%, Ayache 2,95%, Marcio Fernandes 2,58%, Pedrossian Filho 1,41%, Mara Caseiro 1,17%. Nenhum 14,11%. Indecisos/não sabe 14,73%.

1-CONCLUSÃO: Há 3 tendências no eleitorado: os apoiadores a reeleição de Bernal, os que preferem políticos mais experientes e ainda os optantes pela renovação dos nomes. Assim haveria dois turnos e em todas simulações Bernal iria para o 2º turno.

2-CONCLUSÃO: Comparando com a pesquisa de outubro de 2015, Bernal perdeu votos e teve aumento na rejeição. Para os entrevistados, seria fruto da falta de alianças políticas, equipe inexperiente na política e no trato dos desafios básicos da capital.

RENOVAÇÃO? A intenção de votos aponta para a renovação de mais de 60% da atual vereança. Anote-se ainda que com muitas candidaturas à prefeito ( 8?), deveremos ter perto de 700 postulantes à Câmara, contra pouco mais de 500 de 2012. Uma festa.

DETALHES A propaganda eleitoral será de apenas 45 dias. O início da chamada janela partidária previsto para o próximo dia 20 deve alterar o quadro. A lei permite que o pré candidato faça reuniões e fale sobre sua candidatura antes do dia 17 de agosto.

PT EM BAIXA sofre com o estigma da corrupção. Na espontânea Zeca tem 4,47% e Kemp 0,58%. O melhor desempenho de Kemp na estimulada é de 4,11% e é o 3º menos rejeitado com 10,95%. Também os vereadores petistas em baixa na pesquisa.

INDECISÃO Presente nos 3 cenários para prefeito. Os indecisos e os que não sabem - ou não responderam estão próximos a 15%, grande fatia no eleitorado a ser conquistada pelos candidatos. Até parece que as eleições não são prioridades na vida dessa gente.

AS PESQUISAS Também tem a função de motivar a discussão sobre os candidatos, seus projetos e o que isso representa na vida de cada cidadão. Evidente, há muita água para correr debaixo da ponte, mas só a leitura dos números já é um exercício político.

GOL DE LETRA Ao anunciar que – apesar do cenário nacional que reflete na economia do Estado, o governo cumprirá a lei pagando o reajuste dos professores, uma ducha fria atingiu lideranças sindicais e figuras do PT, de olho na sucessão municipal. Mostra que a equipe de Reinaldo tem sabido lidar com as circunstâncias desfavoráveis que atingiram a economia local. Muito bom!

O policial que descobre o cadáver não é culpado pelo homicídio.” ( Juiz Sérgio Moro)

A lealdade de Zé Teixeira e a gratidão do governador
‘MÁGICAS’ A diferença entre ‘acórdão’ e ‘acordão’ não é apenas na acentuação. Se o ministro Ricardo Lewandowski inventou que a ex-presidente Dilma Ro...
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions