A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


25/09/2015 14:34

Poder & dinheiro: a tentação da política

Manoel Afonso

NA PELE Ele não é mais o mesmo! Por conta do seu envolvimento no escândalo da pedofilia, o ex-deputado Sergio Assis está abatido sem ambiente por onde passa. E ele sabe: o caminho a percorrer até o final do processo é longo e tenebroso.

Veja Mais
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
Pizzas, os políticos não abrem mão delas

‘NESSUM DORMA’ Sergio Assis e José Carlos Bumlai ( guru de Lula) tem algo em comum: ostentam na lapela a imagem de Nossa S. Aparecida. Bumlai preocupado com a ‘Lava Jato’, onde seu nome é citado em situações comprometedoras. Sob risco.

CUIDADOS Quando maduros, os homens precisam pensar e repensar. Veja o caso do Zé Dirceu, agora sem poder curtir os filhos e netos , sob o estigma cruel da desonra que a cadeia proporciona. E seu ex-dileto amigo Lula, terá coragem de visitá-lo?

PERGUNTO: O que pensa na fria cadeia suiça o José Maria Marim? Valeu a pena? A indagação é extensiva ao Juiz Lalau, Genoíno, figurões do PT e empresários presos na Lava Jato. Imagine o vexame dos seus familiares junto aos amigos e a sociedade!

ENFIM... Inspirados na operação ‘Mãos Limpas’ ( Itália - 1990), os procuradores da Lava Jato atacam a relação promíscua dos empresários com o poder público. E o povo aplaude, torce para que essa onda moralizadora venha para ficar e frutificar.

“EQUÍVOCO” Impressionante a cara de pau do presidente do PT - Rui Falcão, sobre a prisão do tesoureiro Vaccari Neto na Lava Jato. Ao seu estilo, disse ‘que se tratava de equívoco’ do juiz Sergio Moro. Esse pessoal do PT menospreza a nossa inteligência.

NOTA 10 para a campanha da FIESP ‘pagando o pato’ sobre o aumento dos impostos. Finalmente alguém saiu para criticar a situação. Lembrando Victor Hugo: “Entre o governo que faz o mal e o povo que o consente, há uma certa cumplicidade”.

“INCÓGNITA” O partido Rede Sustentabilidade da Marina Silva terá dificuldades por conta da postura da controvertida ex-senadora. Aliás, na sua única manifestação sobre o momento atual do país, não deixa claro qual é a sua posição.

APARÊNCIA O programa do Rede, de certa forma lembra o PT – quando pregava um novo tempo, respeitando os valores morais. Beleza como discurso. Mas Marina ainda não conseguiu se desvencilhar do estigma de petista revoltada. E muda?

INCERTEZA Não vejo espaço no cenário e nem musculatura do pessoal de primeira hora do novo partido no MS. Pode funcionar como mera força auxiliar, sem potencial de provocar mudanças substanciais. Pode sofrer de ‘nanismo incurável’.

ZÉ TEXEIRA: “O índio é usufrutuário de um patrimônio da União e, assim como ele, o produtor rural sofre e desanima com essa situação. Seria muito melhor que tivéssemos o poder de resolver, mas infelizmente não temos esse poder”.

EQUILÍBRIO Sua bagagem dos 16 anos de mandato e a experiência de vida pessoal nas lides rurais, fazem de Texeira o parâmetro ideal nesta questão envolvendo indíos e fazendeiros. O ministro Cardoso, da Justiça, deveria ouvir o deputado para aprender.

A PROPÓSITO A sessão da Assembleia Legislativa na última quinta feira atraiu não só gente envolvida na questão da terra, como personagens ‘estranhos ao ninho’. Percebe se a manipulação nestas ocasiões usando inocentes úteis inclusive. É o velho jogo!

ARREMATE A posição da Igreja Católica é clara e o Papa não esconde. A opção é pelos pobres. Por extensão, o papel do Cimi é exatamente de defender os índios. Mas daí incentivar o ódio contra quem lavra a terra é inadmissível, pecaminoso.

O PREÇO Apesar de sua aversão e do estigma do partido por conta do Mensalão e da Lava Jato, Bernal terá que suportar a dura (para ele) convivência com petistas em seu governo. “A política é a arte de engolir sapos” – já dizia Abreu Sodré.

SEM ILUSÕES Essa hipótese de Bernal conviver com ex-adversários é pura fantasia. Sua fala está contaminada pelo sentimento de mágoa e vingança. Não há grandeza e nem capacidade de gestão. Só reclama e critica os adversários. Até quando?

ESTRANHO Apesar das suas declarações, a saída de Zé Teixeira do bloco de 10 parlamentares ( PT, PDT, PSB, PEN, DEM) de apoio ao Governo gera comentários. A hipótese mais provável é de seguidos desencontros com outras lideranças.

EXPLICO Neste bloco há disputa interna por holofotes e poder de barganha junto ao Governo. Isso gera desconforto. O deputado Lídio Lopes (PEN) por exemplo, admite essa realidade e insatisfeito com esse quadro, cogita em deixar o tal bloco.

LAVA JATO Essa manobra de fatiá-la pode ser um tiro no pé do Governo e do PT. É que a conduta do juiz Sergio Moro é tida como um exemplo a seguir pelos seus colegas do país. Mas a opinião pública precisa ficar atenta com essa sacanagem jurídica.

‘WANTED’ O país atravessando grave crise institucional e a OAB segue em silêncio conivente, de cócoras, denegrindo o seu passado. Impressionante como o PT conseguiu contaminar até a nossa OAB. No português claro: todo mundo com o rabo preso.

INSISTO: O Planalto não extinguiu ministérios, não cortou gastos, nem demitiu os apaniguados e tampouco convenceu com as novas medidas. Pelo contrário: mais uma vez sobe e cria impostos de forma vergonhosa. Mas onde está a oposição?

SUGESTÃO O governador Reinaldo poderia programar a reforma dos prédios do Parque dos Poderes ao longo de sua gestão. Um prédio de cada vez por conta da crise financeira. Até hoje os ex-governadores usaram e não conservaram. Pode?

“A regra neste mundo subterrâneo é você não me fala, eu não te pergunto”. (Juiz Sergio Moro)

Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...
Junior Mochi, ponto de equilíbrio na Assembleia
NOSTRADAMUS Não tenho seu dom, mas prevejo: o país de 2018 será outro. As delações premiadas da Odebrecht e Andrade Gutierrez cairão como meteorito n...



PODER E DINHEIRO - Tentação na Política - Com muita frequencia me questiono: éra éssa a democracia que queríamos? Os escândalos de corrupção que corroem os recursos financeiros do país, que escandalizaram toda a população, que deram origem a vários protestos de norte a sul do país, e que infelizmente não mereceram por parte da classe política nenhuma reação que pudéssemos entender como uma tentativa de sanear os desmandos que sistematicamente ocorrem na administração pública. Resultado? Partidos e mais partidos políticos foram criados, certamente para que se criem cada vez mais espaços para àqueles que vislumbram o poder para enriquecerem as custas do erário público. Está na hora de dar um basta nisso; precisamos de gente séria e determinada, antes que seja tarde demais. Benê.
 
benedito rodrigues da costa em 27/09/2015 08:16:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions