A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


30/03/2013 13:43

Política brilha os olhos e dilata a pupila

Manoel Afonso

PERGUNTAS que ouço todos dias: Será Delcídio contra quem? Nelsinho ou Simone? E o Azambuja? Só pose ou tem mesmo cacife independentemente de alianças ? André dependura as chuteiras? Acerta com o PT e assiste tudo de camarote?

Veja Mais
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
Pizzas, os políticos não abrem mão delas

RESPONDER é fácil, acertar as previsões é difícil. Jornalista tem o olhar diferenciado dos mortais comuns, mas isso não é garantia de infalibilidade. Às vezes quanto mais a gente conversa com os políticos, mais estranhos eles se parecem.

POR ETAPAS Primeiro deve-se admitir que o cenário antes das eleições possa estar diferente do quadro atual. Será que os personagens atuais ainda estarão ocupando o mesmo espaço com idêntica vitalidade eleitoral como fazem hoje?

MEMÓRIA Aquela eleição vencida por Zeca do PT e a vitória de Bernal ocorreram por circunstâncias notórias – especiais mesmo. Mas mesmo assim devem ser levadas em conta como exemplos de mudanças de tendencias no quadro eleitoral.

A INTERNET está aí: voraz, pronta para vasculhar a biografia e o DNA dos políticos. Dependendo da abordagem de um fato, por exemplo, alguém poderá ser liquidado antes da hora ou elevado a condição de mártir e se tornar vencedor. Depende...

OS GENERAIS formam seus exércitos com alianças e atitudes afins. Os partidos contabilizam seus prefeitos, vereadores e lideranças. Pesquisas em cidades estratégicas para ‘consumo interno’ sinalizam a tendência mas dentro do quadro atual.

DELCÍDIO Sua situação é cômoda numa ponta: o único candidato assumido e que já está na estrada. Mas na outra corre risco, pois é perigoso dar-se a corrida eleitoral como liquidada antes mesmo de seu início um tanto quanto distante.

NELSINHO tem instrumentos e prazo para se viabilizar com discurso que convença eleitores e encante deputados/prefeitos/vereadores – seus cabos eleitorais. Tem que ter a postura do craque Falcão: entra no jogo e muda a cara do time fazendo gols.

NOVIDADE Aumentam os rumores por conta de desejos do Conselheiro Cícero de Souza. Fala-se na composição dele com Azambuja, Schimidt e outras forças para viabilizar uma terceira candidatura ao Parque dos Poderes em 2014.

CÍCERO-1 Vitorioso, deixou marcas no caminho graças ao estilo arrojado e generoso. A aposentadoria no TCE em 2014 estaria inquietando sua alma por antecipação. Os convites para retornar à política brilham seus olhos, dilatam as pupilas.

CÍCERO-2 Curte o silêncio estratégico e necessário devido ao cargo, mas há fortes indicativos de que disputaria o senado na chapa liderada por Azambuja. A imaginação conta, mas na mesa da sucessão poderá haver mais gente do que previsto.

REFLEXOS Essa movimentação local seria respingo do desencadeamento inoportuno do processo sucessório do Planalto. Os discursos de Lula, Dilma, Aécio e Eduardo Campos pressionam as definições nos Estados. Aí não tem como segurar.

CÂNCER Qual deles é pior? A doença ou a canalhice de multiplicar lucros no Hospital do Câncer? Foi assim com Sergio Naya construindo prédios de areia e o Juiz Lalau roubando, pensando viver 200 anos para usufruir. Deu no que deu!

ESPERA-SE que a Justiça tome de volta o que esses canalhas levaram sob a égide da ‘sapiência’, mesclada com arrogância de sangue azul. Os nossos políticos tem o dever de ajudar a desmascarar os vampiros, sob risco da pecha da conivência.

VALE TUDO O partido não é uma igreja. O PSC do pastor Marco Feliciano tem 16 deputados federais, católicos, espíritas, negros e homossexuais. Ratinho Jr e Joaquim Roriz já estiveram neste barco. É maior que o PC do B e PPS, por exemplo.

LEMBRANDO Condenados por ‘meter a mão’ no processo do Mensalão, Genoino e João Paulo participam da importante Comissão de Constituição e Justiça, numa afronta a moralidade pública. Esse pessoal do PT é mesmo cara de pau!

‘PARAÍSO’ Cuiabá entre as 30 cidades mais violentas do Planeta. 257 assassinatos por ano; média de 48,5 por 100 mil habitantes (a média nacional é de 27 óbitos). “Será preciso ampliar o IML para a Copa”, ironizam os críticos cuiabanos.

MARKETING A tal felicidade cuiabana é pura falácia. Se há tanta violência é porque tem problemas sociais graves. Aliás, Cuiabá é a segunda capital do país no registro de casos de tuberculose: 100 casos a cada grupo de 100 mil habitantes.

LEMBRANDO Inaugurado em 2007, o ‘Engenhão’ já tem problemas. Aliás, prédio público neste país só tem aparência; é feito para durar pouco. As empreiteiras querem mesmo é faturar, confiante no ‘sistema político’ que as protegem.

COMPARANDO. Na década de 50 Jânio Quadros construiu colégios, delegacias e fóruns no Estado de São Paulo utilizados até hoje sem apresentar uma rachadura siquer. Materiais eram de primeira e os construtores simplesmente honestos.

O MESTRE de obras do Faraó nunca frequentou a faculdade e as pirâmides estão aí. As pontes/prédios de Nova York, edificados a partir da década de 10, (sem computador e tecnologia atual) são referência em matéria de construção urbana.

IMAGINEM então os furos que estão ocorrendo nestas obras de afogadilho, na base do ‘toque de caixa’ para a Copa! Infelizmente teremos a confirmação destas previsões a curto prazo. Quanto ao custo é proporcional ao ego do Lula. Imensurável.

"Deus não lhe dá mais do que você pode carregar." (Jesus Cristo)

 

Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...
Junior Mochi, ponto de equilíbrio na Assembleia
NOSTRADAMUS Não tenho seu dom, mas prevejo: o país de 2018 será outro. As delações premiadas da Odebrecht e Andrade Gutierrez cairão como meteorito n...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions