A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

19/11/2008 22:58

Aumento de mensalidades deve variar de 7% a 11%

Redação

Em meio à crise econômica mundial, proprietários de escolas particulares dizem que precisam fazer e refazer as contas antes de apontar o reajuste nas mensalidades para o ano de 2009.

A estimativa do diretor executivo da federação nacional de escolas particulares, Henrique Pinto dos Santos, é que o índice varie de 7% a 11%, já que cada empresário tem autonomia para decidir o percentual com base nos custos da unidade educacional.

Segundo Santos, o INPC (Índice Nacional de Preço ao Consumidor) projetado para o mês de março, data-base para o aumento dos salários dos professores, estará em aproximadamente 7%.

Ele explica que o maior componente no preço da mensalidade é a mão-de-obra, que consome cerca de 70% do valor total. Os empresários também devem considerar gastos com água, luz, telefone e materiais de consumo.

Cerca de 50 proprietários de escolas de Campo Grande estiveram reunidos com Santos na semana passada, para uma consultoria acerca do reajuste.

Santos afirma que nem a crise financeira deve causar preocupação aos pais de alunos, porque os empresários não poderão aumentar os preços fora da realidade econômica.

Dólar volta a cair e bolsa fecha no maior nível em quase cinco anos
Em um dia de tranquilidade no mercado financeiro, o dólar caiu para o menor valor em quase três meses, e a bolsa de valores fechou no maior nível em ...
Aumenta a demanda por viagens na América do Sul
Com a valorização da moeda americana em relação ao real e a baixa expectativa em relação à melhora da economia brasileira, muitos passageiros têm opt...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions