A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

21/02/2015 09:40

Azambuja e diretores de usinas discutem investimentos em 5 cidades

Vanda Escalante
Empresários se reuniram com o governador para definir investimentos. (Foto: Notícias MS)Empresários se reuniram com o governador para definir investimentos. (Foto: Notícias MS)

Palavras de otimismo e confiança deram o tom, nesta sexta-feira (20), aos encontros do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) com diretores de duas usinas instaladas em Mato Grosso do Sul. Na pauta, investimentos em infraestrutura que podem beneficiar cinco municípios: Angélica, Ivinhema, Chapadão do Sul, Paraíso das Águas e Costa Rica.

Veja Mais
Após dois dias, negociação 'trava' e greve dos bancários continua
Bancos repetem proposta de reajuste de 7% e negociação prossegue

Reinaldo se reuniu com os diretores Leonardo Berridi e Marcelo Vieira, da usina Adecoagro, produtora de etanol, e com o superintendente Edson Rocha, da usina Iaco, produtora de etanol e geradora de energia. Os encontros tiveram ainda a participação da deputada federal Tereza Cristina Corrêa da Costa (PSB) e do secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel.

Nas duas reuniões, o principal assunto discutido foi a pavimentação das rodovias de acesso às usinas. Segundo Marcelo Vieira, a obra de acesso à Adecoagro já foi licitada e será executada pelo Governo do Estado. “Nós estamos muito entusiasmados com a proposta desse governo, de continuar o desenvolvimento que o Estado sempre teve”, disse.

Edson Rocha, da Iaco, afirmou que ficou “otimista” com o compromisso do Estado em ajudar no desenvolvimento do setor produtivo. “Vim mostrar o empreendimento e o que geramos para o Estado. Acredito na proposta desse governo em investir na produção”, contou. A pavimentação do acesso a Iaco favorece e as regiões de Chapadão do Sul, Paraíso das Águas e de Costa Rica.

Já a deputada Tereza Cristina afirmou que o investimento nas obras de infraestrutura das regiões onde ficam as usinas retorna em benefícios para o próprio Estado, uma vez que “essas indústrias geram muito emprego e renda, além de produzirem energia”.

Bancos repetem proposta de reajuste de 7% e negociação prossegue
A Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) e o Comando Nacional dos Bancários retomaram a 9ª rodada de negociações nesta quarta-feira (28) em São Paul...
Após segunda queda consecutiva, dólar fecha cotado a R$ 3,22
O dólar comercial inverteu o movimento no final da tarde, após operar em alta durante quase toda a sessão. A moeda norte-americana fechou esta quarta...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions