A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

04/01/2015 11:13

Capital e 37 municípios terão redução no repasse do ICMS neste ano

Kleber Clajus
Capital acumula nos últimos três anos redução de 15,5% no repasse de ICMS (Foto: Campo Grande News / Arquivo)Capital acumula nos últimos três anos redução de 15,5% no repasse de ICMS (Foto: Campo Grande News / Arquivo)

O repasse do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) pelo Governo do Estado será reduzido, neste ano, para Campo Grande e outras 37 cidades. A medida impacta a principal fonte de receita das prefeituras.

Veja Mais
Bancários entram no 25º dia de greve sem previsão de retorno ao trabalho
Com maior carga tributária do mundo, remédios consomem renda dos idosos

De todo valor do imposto arrecadado pelo governo estadual, 25% são destinados ao rateio entre os municípios. O cálculo considera critérios adotados pela Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) como área territorial, número de eleitores e riqueza produzida em cada localidade.

Campo Grande, por exemplo, acumula nos últimos três anos queda de 15,5% no índice de repasse, somada redução de 4% prevista em 2015.

Conforme análise da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), a Capital apresentou crescimento contínuo nos repasses entre 2007 (21,6052) e 2012 (25,3464). Até mesmo o atual índice de 21,4061 poderia ser ampliado para 23,0107, conforme previa valor provisório divulgado em agosto pela Sefaz. Contudo, a prefeitura não recorreu apresentando informações adicionais que pudessem melhorar o percentual e o viu reduzir ainda mais.

Em comparação com o ano passado, lideram a lista dos que terão menos dinheiro as cidades de Alcinópolis (-17,14%), Brasilândia (-15,05), Paranhos (-14,85), Taquarussu (-14,75) e Jateí (-10,84).

Em contrapartida, 41 municípios terão repasse elevado neste ano, sendo os mais expressivos destinados a Ladário (+23,01%), Rio Negro (+19,06), Itaquiraí (+15,45), Ivinhema (+14,28) e Aral Moreira (+12,89).

Após duas quedas seguidas, dólar tem alta de 1,05% e fecha a R$ 3,25
Cotado a R$ 3,256 na venda, após dois dias seguidos de baixa, o dólar comercial fechou esta quinta-feira (29) com alta de 1,05%. Com isso, a moeda no...
Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas
Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas, sendo que 13% não terão condições de pagar suas contas. O índice medido pelo IPF/MS (Instituto de Pesqu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions