A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

21/01/2016 12:10

Clientes elogiam comércio dos bairros, mas reclamam dos preços

Liana Feitosa
Grande parte dos consumidores não está satisfeita com o preço do comércio local, principalmente comparado às lojas do Centro. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)Grande parte dos consumidores não está satisfeita com o preço do comércio local, principalmente comparado às lojas do Centro. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)

Uma pesquisa encomendada pela ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) conferiu a qualidade do atendimento e o grau de satisfação dos clientes que compram nos bairros Coophavilla, Jardim Aero Rancho, Pioneiros e Jardim Itamaracá. Nesses locais, os consumidores gostam da variedade e do atendimento, mas buscam preços mais baixos no comércio local.

Veja Mais
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Intenção de compra cai, mas dia das crianças pode movimentar R$ 146 mi

O levantamento, elaborado pela Empresa Júnior da faculdade Estácio de Sá da Capital, mostrou que, no geral, os consumidores se sentem satisfeitos com o comércio desses bairros, mas os preços não estão tão baratos e faltam lotéricas e agências bancárias nessas regiões, segundo a maior parte das pessoas entrevistadas.

Preços - Na Coophavilla, de maneira geral, 57% dos clientes entrevistados estão satisfeitos ou altamente satisfeitos (17%). Ou seja, um total de 74% dos consumidores gostam de comprar neste bairro.

No entanto, grande parte não está satisfeita com o preço do comércio local, principalmente comparado às lojas do Centro de Campo Grande. No total, 55% demonstrou insatisfação, sendo que 43,48% classificou os preços como regulares e 6,23% como bons. Apenas 8,70% achou ótimo os valores.

Celular no trabalho - Além disso, apesar de 94% não ter respondido à pergunta que questionava o que precisa ser melhorado no comércio do bairro, 4% dos que responderam afirmaram que é treinamento profissional e outros 4% disse que incomoda o fato dos atendentes ficarem no celular na hora do trabalho.

No Jardim Aero Rancho, no quesito preço, apenas 41,28% considera o preço praticado no comércio do bairro bom ou ótimo, sendo que os que demonstraram insatisfação ou indiferença em relação aos valores praticados representam quase 60%.

Satisfação - Com isso, o levantamento aponta que os preços praticados em outras regiões são mais atrativos. Entretanto, com relação à satisfação geral (que incluem atendimento, vitrine e opções de produtos), mais de 70% da população demonstra estar satisfeita com o comércio do Aero Rancho marcando as opções “Bom” ou “Ótimo”.

Itamaracá - No Jardim Itamaracá, 51,28% dos entrevistados estão satisfeitos com o comércio local e que 16,67% estão extremamente satisfeitos, sendo que, em contrapartida, 28,21% dos entrevistados marcaram a opção “Regular”, que demonstra baixa satisfação.

A maior insatisfação pode ser percebida no quesito preço, já que apenas 3,85% dos entrevistados disseram que os preços dos produtos são ótimos, enquanto 42,31% disseram que os valores são regulares e 25% são péssimos. Além disso, 21% dos entrevistados acreditam que falta segurança no bairro e, 18%, que falta saúde.

Pioneiros - No bairro Pioneiros, 30% dos consumidores considerou bom o comércio local, 25% considerou ótimo e 41% classificou como regular. Em relação aos preços, 38% classificou como bom, 22% achou ótimo e 24% considerou regular.

Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Apesar do dólar ter fechado em queda de 0,12% no dia, e cotado a R$ 3,252 na venda, a moeda norte-americana fechou a semana com uma leve alta de 0,14...
Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz
A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions