A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

09/01/2015 08:10

Clientes madrugam em uma rede, mas megaliquidação se espalha no Centro

Caroline Maldonado e Viviane Oliveira
Dentre os itens mais procurados, estão os televisores (Foto: Marcos Ermínio)Dentre os itens mais procurados, estão os televisores (Foto: Marcos Ermínio)

Clientes madrugaram para aproveitar a primeira megaliquidação do ano em uma loja do Centro de Campo Grande, mas desta vez não estão comprando pela emoção e muitos até fazem pesquisa na concorrência. É o que garantem os primeiros a chegar na fila da Magazine Luiza, na Rua 14 de Julho, que se estende por um quarteirão.

Veja Mais
Megaliquidação atrai consumidores 13 horas antes da abertura de lojas
Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas

A loja, que faz a liquidação há 22 anos, abriu às 6h e a promoção vai até às 14h, com descontos que vão de 5% a 70%, em todos os produtos. Para os clientes que querem economizar, mas não se apavoram vale a pena dar uma passada na City Lar e nas Casas Bahia ou até mesmo aguardar as próximas semanas, já que outras lojas do Centro fazem ofertas tentadoras neste mês.

Uma das quinze primeiras pessoas a entrar na loja nesta sexta-feira, a educadora Eloir Cristina Pimentel, 34 anos, chegou no local ontem (8), às 15h. Apesar de priorizar a promoção e levar brinquedos para os filhos, uma sanduicheira e uma TV de 32 polegadas por R$ 1.250, ela disse que não pretendia se empolgar, mas sim avaliar o que vale a pena. “Eu participo dessa promoção há sete anos. Tem alguns produtos que compensa muito comprar, mas tem outros que não faz diferença comprar hoje ou nos dias normais”, comentou.

Mais desconfiado estava o corretor de imóveis Evaldo Faris, 50 anos, que economizou durante o ano passado para comprar a vista uma geladeira, uma máquina de lavar, um fogão e uma televisão. “Economizei para comprar a vista e durante a semana eu já pesquisei os preços e só vou comprar se estiver compensando”, disse, ao lembrar que caso faça boas compras terá de contratar um frete, dos tantos que também madrugaram para ganhar o dia, pois a loja não faz entrega dos produtos vendidos hoje.

Desconfiado, Evaldo se preparou para fazer as contas antes de comprar (Foto: Marcos Ermínio)Desconfiado, Evaldo se preparou para fazer as contas antes de comprar (Foto: Marcos Ermínio)
Fila com pessoas que chegaram ontem, se estendia até o fim do quarteirão (Foto: Marcos Ermínio)Fila com pessoas que chegaram ontem, se estendia até o fim do quarteirão (Foto: Marcos Ermínio)

Em meio aos preparados para se conter diante da tentação de comprar e levar na hora, a atendente de telemarketing Luana Coelho Ferreira, 31 anos, chegou as 3h na loja acompanhada da mãe, Maria Luiza Ferreira, 48 anos. Juntas, as duas compraram fogão, miocroondas e fritadeira e se preocuparam mais em aproveitar o dia do que conferir cada centavo. “O fogão que compramos compensou, porque é de cinco bocas, inox e saiu por R$ 1.299. Eu tinha pesquisado e o preço normal desse fogão varia entre R$ 2.500 a R$ 3.000”, contou Luana, que parcelou a compra em dez vezes no cartão de crédito, sem conferir se irá pagar juros.

De modo geral, os clientes entrevistados pelo Campo Grande News avaliaram a liquidação como tranquila e bem organizada. A loja que ontem passou o dia todo fechada, deu preferência os dez primeiros clientes que chegaram. Eles entraram e permaneceram sozinhos no local por dez minutos para escolher os produtos. Em seguida, outros começaram a entrar e o ritmo segue assim até as 14h, de acordo como gerente Willian Rúbio.

O movimento está conforme o esperado, segundo o gerente. “O dia começou bem, a expectativa é projetora, entrou muita gente e ainda tem muita gente na fila, então a loja deve ficar cheia até o fim da promoção. Todos os produtos que estão na loja tem algum tipo de promoção e temos seguranças organizando a entrada para que as pessoas comprem com tranquilidade”, disse.

Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas
Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas, sendo que 13% não terão condições de pagar suas contas. O índice medido pelo IPF/MS (Instituto de Pesqu...
MS vai receber missão técnica do Chile em frigoríficos de carne bovina
Inspeções federais de outros país no Brasil pode abrir novos mercados para exportação. Chile, Cuba e Bolívia já tem data marcada para suas missões e ...
Gol lança ofertas semanais de passagens aéreas
Para atrair novos passageiros e fidelizar seus clientes, as companhias aéreas garantem preços e condições de pagamento especiais. Cada empresa define...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions