A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

25/04/2014 18:15

Comerciantes temem que feriado prejudique vendas para o Dia das Mães

Mariana Lopes
Dia das Mães é a segunda melhor data comemorativa no ano para o comércio (Foto: Cleber Gellio)Dia das Mães é a segunda melhor data comemorativa no ano para o comércio (Foto: Cleber Gellio)

Na quinta-feira da semana que vem, 1º de maio, quando é comemorado o Dia do Trabalhador, todas as lojas do comércio de Campo Grande não irão abrir. Por causa do feriado, as vendas podem ter queda de até 3%, que representa o rendimento de um dia, no acúmulo do próximo mês.

Veja Mais
Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas
MS vai receber missão técnica do Chile em frigoríficos de carne bovina

Mas o prejuízo maior para os comerciantes é em relação às vendas do Dia das Mães, segundo o presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, Omar Aukar. A data ficou comprometida para o comércio porque tiveram dois feriados muito próximos um do outro.

Neste ano, a Sexta-Feira emendou com Tiradentes e em menos de duas semanas terá o feriado do Dia do Trabalhador. “Em todo feriado há prejuízo para o comércio, e abril foi um mês bem difícil”, pontua Omar.

O presidente da associação ainda explica que em um dia de feriado no qual o comércio pode abrir, as vendas chegam a registrar em aumento de 15% a 18%, pois é quando o consumidor que trabalha em horário comercial tem a oportunidade de ir às compras com mais calma.

Contudo, nos feriado que caem mais para o final da semana e que podem emendar, daí o prejuízo é ainda maior, mesmo que as lojas fiquem abertas, pois é quando as pessoas costumam viajar.

A expectativa dos comerciantes é que as vendas aumentem na última semana que antecede o Dia das Mães, que é considerada a segunda melhor data comemorativa do ano, perdendo só para o Natal.

Segundo o diretor do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande, Nelson Benitez, apesar de o feriado ter caído logo após a Páscoa e a um final de semana do Dia das Mães, não houve reclamação por parte dos comerciantes da Capital.

Pela Lei Marun, as lojas do comércio são proibidas de abrirem em cinco feriados no ano, sendo eles nos dias 01 de janeiro (Confraternização Universal), Sexta-Feira Santa, 01 de maio (Dia do Trabalhador), 02 de novembro (Finados) e 25 de dezembro (Natal).
No dia 1º de maio, os supermercados devem abrir das 8h às 14h.

Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas
Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas, sendo que 13% não terão condições de pagar suas contas. O índice medido pelo IPF/MS (Instituto de Pesqu...
MS vai receber missão técnica do Chile em frigoríficos de carne bovina
Inspeções federais de outros país no Brasil pode abrir novos mercados para exportação. Chile, Cuba e Bolívia já tem data marcada para suas missões e ...
Gol lança ofertas semanais de passagens aéreas
Para atrair novos passageiros e fidelizar seus clientes, as companhias aéreas garantem preços e condições de pagamento especiais. Cada empresa define...
Mais de 6 mil consumidores saíram da lista de inadimplentes em agosto
Em agosto, 6.144 contribuintes de Campo Grande saíram do cadastro de inadimplentes. O número é 38,5% maior que o de julho, quando 4,4 mil pessoas rec...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions