A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

19/05/2014 08:48

Copa do Mundo aumenta venda de televisão e até da linha branca

Luciana Brazil e Caroline Maldonado
João vai aproveitar a Copa para agradar o neto. (Fotos: Cleber Gellio)João vai aproveitar a Copa para agradar o neto. (Fotos: Cleber Gellio)
O gerente Vando confirma o crescimento nas vendas. O gerente Vando confirma o crescimento nas vendas.

Faltando menos de um mês para a Copa do Mundo no Brasil, apesar do clima de dúvidas em relação ao Mundial e de protestos nas ruas, as vendas de televisão estão crescendo, o que repete o comportamento de todas as edições do torneio. Algumas lojas em Campo Grande registraram, até agora, aumento de até 25% na venda desses aparelhos. Com os jogos do Mundial, até mesmo a linha branca se destaca no comércio, segundo os estabelecimentos. Geladeira, fogão, micro-ondas, além de outros eletrodomésticos, também apresentaram índices maiores de venda neste período.

Veja Mais
Douradense é um dos 7 na lista de espera da seleção na Copa do Mundo
O dilema das telecomunicações para a Copa do Mundo

“Em um mês, aqui na loja, as vendas de televisão já subiram 25% e isso pode aumentar ainda mais, a medida que a Copa se aproxima”, afirma o gerente da loja City Lar na Rua 14 de Julho, Valdo Dantas, 35 anos.

Seja com crescimento tímido ou mais evidente, as lojas confirmam a busca dos consumidores por um nova televisão. Na Romeira, também na Rua 14 de Julho,  onde o crescimento das vendas foi de 8%, o gerente Luis Carlos Gonzales, 34 anos, garante que o aumento será maior a partir de agora. "Esperamos um crescimento de 18% a 20% até o início da Copa", aponta.

As ofertas atraem os clientes que sabem esperar um bom desconto, lembra Valdo. "As ofertas existem sempre, mas dependendo do dia, o cliente pode encontrar promoções grandes, como uma televisão 32 polegadas por apenas R$ 899, 00". Os modelos mais procurados são as televisões de tecnologia Led (sigla em inglês para Light EmittingDiode). Já o tamanho dos aparelhos varia entre 32 e 42 polegadas, explica o gerente da City Lar.

Procurando um modelo para agradar o neto de 18 anos, o autônomo João Marchi, 61 anos, afirma que pesquisar o preço é fundamental para garantir o melhor valor. A Copa motivou o avô a adquirir uma televisão mais moderna. "Quero comprar uma televisão por causa da Copa, mas estou pesquisando. Não precisa ser muito grande, pode ser 39 polegadas".

A família da dona de casa Zemir Freitas, 62 anos, se empolgou com o Mundial. Na casa dela, os jogos serão acompanhados em um televisão de 46 polegadas, a nova aquisição da família. "Vou reunir todo mundo, os filhos, os netos. Os jogos vão ser na minha casa", confirmou.

Linha branca- Embora de forma mais tímida, a chamada linha branca também registra crescimento nas vendas. Eletrodomésticos como geladeira, fogão, som e micro-ondas também ficam com os índices maiores. "O cliente entra na loja para comprar a televisão e acaba gostando de outro produto. Ou ele leva porque gostou muito ou aproveita a promoção", diz o responsável pela City Lar.

A dona de casa comprou uma televisão de 46 polegadas para reunir a família toda. A dona de casa comprou uma televisão de 46 polegadas para reunir a família toda.

Pesquisa feita pela ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) revelou que na véspera da Copa do Mundo a expectativa dos fabricantes em relação a vendas de Tvs é 40% superior. Nas lojas de Campo Grande, as vendas de televisores já aumentaram 30%, segundo a associação.

De acordo com a pesquisa, 32% dos consumidores preferem televisor com tela grande, a partir de 32 polegadas. "Outra pesquisa da associação de vendas de veículos mostrou que até a compra do carro novo foi adiada por conta da compra de televisão. 20% dos entrevistados comprou Tv e deixou o carro em segundo plano", destacou o presidente da ACICG, João Carlos Polidoro.

Cenário nacional- Segundo reportagem publicada recentemente pela Abras (Associação Brasileira de Supermercados), que traz dados nacionais, as vendas de TV no varejo cresceram entre 20 e 30% na segunda quinzena de março, em comparação com o mesmo período do ano passado. Em 2013, com a Copa das Confederações, um aumento já havia sido registrado, de 1,3 ponto percentual no total de vendas. O setor espera que em maio e junho as vendas dobrem em relação a 2013.

De acordo com presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), Lourival Kiçula, a expectativa é que sejam vendidas 16 milhões de TVs neste ano. Ele afirmou que "se forem vendidas 16 milhões de TVs neste ano, seriam 1,2 milhão de unidades, além do faturado no ano passado.

Em 2010, ano da Copa disputada na África do Sul, os brasileiros compraram 12,2 milhões de TVs - ou 3,3 milhões a mais do que o comercializado em 2009. Se o total vendido neste ano chegar a 18 milhões - previsão mais otimista - o volume adicionado a 2013 será de 3,2 milhões".

O dilema das telecomunicações para a Copa do Mundo
Que a falta de infraestrutura no Brasil é crônica e pode ser percebida em todas as atividades do setor público, isso não é novidade para ninguém. Som...
Copa do Mundo: o que os turistas vão encontrar por aqui?
Creio que não seja novidade a nenhum brasileiro a situação das obras para a Copa que se aproxima. Para dizer a verdade, já esperava que isso acontece...
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Apesar do dólar ter fechado em queda de 0,12% no dia, e cotado a R$ 3,252 na venda, a moeda norte-americana fechou a semana com uma leve alta de 0,14...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions