A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

09/09/2014 19:28

Dívida de inadimplentes de Campo Grande ultrapassa os R$ 90 milhões

Priscilla Peres

Campo Grande tem 111.193 consumidores inscritos no SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o número é 67% maior que no mesmo período do ano passado, quando eram 66.532 negativados. O valor da dívida que ultrapassa os R$ 90 milhões, aumentou 47% de agosto de 2013, quando era de R$ 61 milhões, para o mês passado.

Veja Mais
Paralisação dos bancários completa 20 dias sem previsão de término
Entre a novidade e a decadência, quadrilátero é retrato do comércio

Conforme os dados da SCPC, divulgados pela ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), os campo-grandenses inadimplentes são responsáveis por 183 mil dívidas. O valor da dívida subiu de R$ 80 milhões para R$ 90 milhões de julho para agosto.

O presidente da ACICG, João Carlos Polidoro, explica que o número de devedores e o valor da dívida são expressivos, mas ocorreram situações sazonais. "Empresas grande que antes não faziam a inserção dos nomes do SCPC começaram a fazer, o que aumentou bastante o número, mas além dessa sazonalidade os índices são altos por se tratar só de Campo Grande".

Para o presidente esses números são o indicativo de que as famílias estão endividadas. "Isso representa o valor de bens contraídos nos últimos três ou quatro anos, decorrentes da compra de veículos, eletrodomésticos, entre outros. Significa também que as pessoas não estão fazendo o orçamento doméstico", comenta Polidoro.

A principal consequencia do alto nível de endividamento para o comércio, é a impossibilidade de fazer novas dívidas. "Essas pessoas perderam o poder de compra, não tem mais crédito, ou seja, precisam refazer o orçamento para poder renegociar as dívidas", afirma Polidoro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions