A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

13/08/2016 08:32

Dólar cai a R$ 3,18 e busca por viagens internacionais volta a crescer

Fernanda Yafusso
Setor de viagens  teve crescimento de 10% após queda do dólar (Foto Fernando Antunes)Setor de viagens teve crescimento de 10% após queda do dólar (Foto Fernando Antunes)

O dólar norte-americano caiu diversas vezes seguidas nas últimas semanas, chegando ao patamar de R$ 3,18 ontem. Para quem já viu  a cotação passar dos R$ 4 este ano, aproveitou a baixa para correr e garantir a próxima viagem. Agências de turismo afirmam ter visto a movimento aumentar 10% nos últimos dias.

Veja Mais
Com a maior alta em 2 meses, dólar comercial fecha a R$ 3,18 na venda
Dólar comercial sobe e fecha cotado a R$ 3,14, após sete quedas no mês

De acordo com Alessandra Dualibi, gerente da agência Viaje Mais Turismo, com a queda da moeda americana a procura por pacotes de viagens cresceu 10%, se comparado ao mesmo período do ano passado.

"Esse aumento aconteceu principalmente a partir do final de junho deste ano. Se levarmos em consideração que o país está enfrentando uma crise econômica, esses 10% para o setor é com certeza, positivo. Quando o dólar estava cotado a R$ 4, um pacote para Buenos Aires, por pessoa chegava a R$ 2.500".

Segundo a gerente da agência Condor Turismo, Vanessa Mel Ramos, houve uma melhora para o setor com a queda do dólar, porém a procura pelos pacotes ainda se mantêm estável.

"A tendência é melhorar, e com a queda a procura maior é por pacotes para o exterior, como o Caribe e Estados Unidos. Quando o dólar estava a R$ 4, houve uma queda de 30% na procura. Nossa expectativa é que melhore, pois ainda temos a crise econômica".

Para o gerente da casa de câmbio Parcam Câmbio, Dani Bigatão com a queda do dólar a procura pela compra e venda da moeda aumenta, e a queda geralmente ocorre quando há uma elevação na cotação da moeda.

O economista Márcio Coutinho explica que o consumidor precisa identificar qual será o gasto que ele terá. Se ele estiver atrelado ao dólar, precisa analisar antes.

"Se eu for viajar para o exterior, por exemplo, vale a pena comprar o dólar porque o gasto será na mesma moeda e o poder de compra é garantido. Porém se você quer comprar a moeda e for em uma casa de câmbio, é preciso prestar atenção no valor que irá pagar pois ele acaba saindo maior do que divulgado na televisão. Isso ocorre por que existe a cobrança de uma tarifa e por isso é preciso analisar o que o consumidor irá fazer com o dinheiro, se será gasto em dólares ou reais".

Com a maior alta em 2 meses, dólar comercial fecha a R$ 3,18 na venda
O dólar comercial fechou nesta sexta-feira, 12, com uma alta de 1,43%, cotado a R$ 3,185 na venda. Foi o segundo avanço seguido da moeda, que havia s...
Dólar comercial sobe e fecha cotado a R$ 3,14, após sete quedas no mês
Após sete quedas durante o mês, o dólar comercial fechou nesta quinta-feira (11) em alta de 0,25%, cotado a R$ 3,14 na venda. Na véspera, a moeda nor...
Dólar comercial tem sétima queda no mês e fecha o dia cotado a R$ 3,13
O dólar comercial fechou nesta quarta-feira (10) cotado a R$ 3,132 na venda, com uma queda de 0,28%. Essa foi a sétima baixa seguida da moeda norte-a...
Dólar comercial tem sexta queda no mês, e fecha cotado a R$ 3,14
O dólar comercial fechou nesta terça-feira, 9, cotado na venda a R$ 3,141. O valor representa uma queda de 0,84% e a moeda norte-americana emendou su...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions