A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

13/11/2015 22:13

Dólar fecha a R$ 3,833 e sobe 1,75%, maior alta diária em quase um mês

Flávio Paes

O  Dólar comercial fechou esta sexta-feira (13) com alta de 1,75%, valendo R$ 3,833 na venda. Na véspera, havia ficado quase estável, com leve queda de 0,06%. Essa foi a maior alta percentual diária da moeda em quase um mês. Em 16 de outubro, subiu 1,92%. Com isso, a moeda norte-americana encerra a semana com valorização de 1,88%. No mês, o dólar acumula queda de 0,77%, porém, no ano, já subiu 44,17%.

Veja Mais
Com menor preço médio do país, litro da gasolina é vendido por R$ 3,09
Bancários completam 21 dias em greve sem previsão para voltar ao trabalho

O dólar acelerou a alta à tarde, após o jornal "Valor Econômico" dar como certa a saída de Joaquim Levy do Ministério da Fazenda. O mais cotado para assumir o cargo seria o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles.

No entanto, segundo o jornal, o sucessor de Levy não teria carta branca da presidente Dilma Rousseff, o que poderia limitar a atuação do novo ministro na visão dos investidores.

"Isso é muito ruim... Seja quem for [o substituto de Levy], o pensamento sempre será dela [de Dilma] ou do PT, e não do [eventual futuro] ministro", disse o operador de uma corretora internacional em condição de anonimato à agência de notícias Reuters.
Rumores de que Meirelles seria o novo Ministro da Fazenda chegaram a levar o dólar a recuar nesta semana, com expectativas de que a mudança poderia facilitar o diálogo com o Congresso Nacional e a aprovação de medidas para equilibrar as contas públicas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions