A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

30/12/2015 21:07

Governo envia ao Congresso reajuste de 10,8% para servidores do Executivo

Flávio Paes

O Ministério do Planejamento enviou ao Congresso Nacional nesta quarta-feira (30) os projetos de lei para o reajuste dos servidores do Executivo federal, resultantes da negociação salarial de 2015.  Segundo a pasta, a maioria dos servidores assinou acordos com vigência de dois anos e reajuste de 10,8%, concedido em duas parcelas: 5,5% em agosto do ano que vem, e 5% em janeiro de 2017.

Veja Mais
Paralisação dos bancários completa 20 dias sem previsão de término
Entre a novidade e a decadência, quadrilátero é retrato do comércio


A proposta também reajusta os valores de alguns benefícios. O auxílio-alimentação passaria de R$ 373 para R$ 458. A assistência à saúde passaria de R$ 117,78 para R$ 145 o valor per capita médio, e a assistência pré-escolar subiria de R$ 73,07 para R$ 321 o valor médio.

Também esta na proposta do governo a incorporação da Gratificação de Desempenho à aposentadoria, nos meses de janeiro de 2017, janeiro de 2018 e janeiro de 2019 – "até atingir o total da média de pontos nos últimos 60 meses que antecederem a aposentadoria", segundo informe do Ministério do Planejamento.

Segundo a pasta, fizeram acordo com o governo 1,1 milhão de servidores, representando aproximadamente 90% dos 1,227 milhão de funcionários civis do Executivo Federal.  Ainda há carreiras em negociação com o governo, como os servidores da Receita Federal, da Polícia Federal e Rodoviária Federal (PRF) e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions