A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

05/05/2015 12:21

Imasul entrega autorização ambiental para Eldorado duplicar fábrica

Liana Feitosa
Fábrica funciona na cidade de Três Lagoas, a 338 km de Campo Grande. (Foto: Divulgação)Fábrica funciona na cidade de Três Lagoas, a 338 km de Campo Grande. (Foto: Divulgação)

A fábrica de celulose Eldorado Brasil recebeu autorização ambiental para o corte de eucalipto em duas áreas em Mato Grosso do Sul, uma em Dois Irmãos do Buriti e outra em Anastácio.

Veja Mais
Eldorado conclui projeto e dá início a duplicação de fábrica por R$ 8 bi
Paralisação dos bancários completa 20 dias sem previsão de término

Nesta segunda-feira (4), a indústria anunciou início do processo de duplicação da sua linha de produção em Três Lagoas, distante 338 km de Campo Grande. A autorização ambiental foi concedida durante reunião realizada entre o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), a Reflore (Associação sul-mato-grossense de produtores e consumidores de florestas plantadas) e empresários.

Investimento - A segunda linha começará a operar no primeiro semestre de 2018. Ao todo, serão investidos R$ 8 bilhões na nova fábrica. As áreas de corte autorizadas para a empresa somam cerca de 300 hectares.

Na reunião, além da autorização foi definido um cronograma de reuniões para 2015 com o objetivo fortalecer as políticas para o setor florestal e concretizar as ações propostas pelo governo do Estado.

Análise - Para o presidente da Fiems (Federação das Indústrias do Estado Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, a ampliação vai consolidar Mato Grosso do Sul entre os quatro maiores produtores do mundo.

“Recentemente foram diagnosticados mais de 200 mil hectares de eucalipto sobrando no nosso maciço florestal e, com essa nova linha de produção, esse problema será resolvido", considera Longen.

De acordo com o representante, a expansão também aponta para maior atenção sobre outras questões. “É importante que possamos manter o setor organizado, resolvendo também outros problemas que são gargalos, como a logística de transporte atual, o que acaba atrasando o crescimento em vários aspectos da indústria no Estado", analisa. "Vamos evoluindo aos poucos", finaliza.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions