A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Setembro de 2016

23/12/2014 10:07

JBS é investigada por uso de contas falsas na compra de unidade em MS

Priscilla Peres

A JBS, principal cadeia de carnes do mundo, está sendo investigada pela Polícia Federal, pela compra da unidade de processamento e distribuição de carne bovina de Ponta Porã - distante 323 km de Campo Grande, adquirira pelo JBS em 2012. Isso por que foram feitos depósitos em nome de empresas envolvidas na Operação Lava-Jato.

Veja Mais
Greve dos bancários chega ao 19º dia com 144 agências sem atendimento
FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano

Em 2012, a JBS comprou o grupo Frigoforte, que tinha duas unidades em Mato Grosso do Sul, uma no Paraná e outra em Santa Catarina. Porém, com central de abate em Ponta Porã. Na época, disse que a aquisição fazia parte de uma estratégia para manter a participação no mercado nacional, de forma mais pulverizada.

Reportagem do Valor Econômico, afirma que a JBS fez o pagamento de R$ 800 mil em duas contas correntes de uma empresa fantasma, investigada pela operação Lava-Jato. A conta está em nome de um laranja usado por doleiros condenados pela Justiça Federal, por lavagem de dinheiro e envolvimento com o tráfico internacional de drogas.

Ainda de acordo com a reportagem, a JBS fez quatro depósitos de R$ 200 mil em duas contas correntes da empresa Gilson M. Ferreira Transportes MS, totalizando R$ 800 mil. A PF descobriu que a suposta transportadora com endereço informado em São José dos Pinhais, no Paraná, não existe.

Em nota, a JBS negou o envolvimento com as empresas investigadas pela PF e afirmou que as contas em que depositou o dinheiro foram indicadas pela empresa Rodo GS Transportes e os valores correspondiam a parcelas da aquisição da unidade de Ponta Porã e centros de distribuição em São José dos Pinhais e Itajaí, em 2012.

"A JBS reitera que os pagamentos foram feitos de acordo com o contrato assinado pelas partes, bem como em conformidade com a legislação vigente e que a companhia possuía toda a documentação comprobatória que prova a veracidade dos fatos supracitados", disse em nota.

FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano
Foi aprovado nesta semana pelo Ceif (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis) do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) ...
Dólar comercial fecha a semana em queda e cotado a R$ 3,24
Após duas altas seguidas do dólar comercial durante a semana, a moeda norte-americana fechou nesta sexta-feira (23) cotado a R$ 3,247 na venda e com ...
Desemprego desacelara, e MS cria mais 1.077 vagas de trabalho em agosto
Mato Grosso do Sul abriu 1.077 empregos formais a mais no mês de agosto -equivalentes ao acréscimo de 0,21% -, em relação ao estoque de assalariados ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions