A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Setembro de 2016

14/09/2015 06:40

Jovens empresários transformam a crise em oportunidade

Informe Publicitário

Dizem que é na crise que grandes oportunidades podem ser identificadas e, com isso, muitos empresários acabam criando negócios que se tornam sucesso em pouco tempo.

Veja Mais
Greve dos bancários chega ao 19º dia com 144 agências sem atendimento
FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano

A maior dificuldade de quem enfrenta uma crise financeira é a conscientização de que a sua vida e seu âmbito profissional exige mudanças drásticas, se quiser se livrar da situação, e isso é possível
Os empresários Wilame Morais e Pedro Marques, da agência de publicidade digital wPixel, dão valioso exemplo de como lidar com a situação, mostrando que o período de retração serviu para otimizar e evoluir o negócio, através de novos nichos e estratégias que asseguraram o crescimento da empresa.

"O crescimento superou nossas expectativas, especialmente porque foi um trimestre difícil pro mercado em geral. Antes, os sites produzidos por nós custavam em média R$ 2.000,00. Com o período de crise, e baixa procura, refizemos nosso plano de negócio e passamos a oferecer uma plataforma mais rápida, simples e objetiva, garantindo a mesma qualidade, mas com custo bem inferior, focado no pequeno empreendedor. Pensamos: por que um site e não um hotsite no valor de R$ 500,00? Como a maioria dos clientes não precisam de sites complexos, isso acabou dando muito certo." - afirma Pedro Marques.

Empresários Pedro Marques e Wilame MoraesEmpresários Pedro Marques e Wilame Moraes

"Nós enxergamos que o período de redução nas vendas poderia ser uma chance para nos reposicionarmos no mercado. Mas antes foi preciso saber em que posição queríamos estar e em que velocidade queríamos chegar lá, sempre procurando ser uma empresa preparada, seja qual fosse a situação. Baixamos os preços e aumentamos as vendas alterando nosso público alvo." - complementa Wilame.

Além de reestruturarem a empresa, eles investiram em atendimento.

"Isso faz com que 50% do nosso faturamento seja recorrente, e demonstra um alto índice de fidelização dos clientes, nos permitindo um crescimento sólido e contínuo em outros setores que também atendemos na empresa, como publicidade impressa, redes sociais e veiculação." disseram.

Reestruturar um negócio pode significar ir contra tudo o que o fundador da empresa acredita mas pode se tornar uma oportunidade e a hora pode ser agora!

A agência hoje explora as áreas de website, redes sociais e publicidade para pequenas empresas atendendo todo o território nacional.

A wPixel fica na Rua Dr. Zerbini, 842 - Sala 4, Chácara Cachoeira.
Telefone 3025-5897 | 9985-0777 | 9245-3991 | www.wpixel.com.br

FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano
Foi aprovado nesta semana pelo Ceif (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis) do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) ...
Dólar comercial fecha a semana em queda e cotado a R$ 3,24
Após duas altas seguidas do dólar comercial durante a semana, a moeda norte-americana fechou nesta sexta-feira (23) cotado a R$ 3,247 na venda e com ...
Desemprego desacelara, e MS cria mais 1.077 vagas de trabalho em agosto
Mato Grosso do Sul abriu 1.077 empregos formais a mais no mês de agosto -equivalentes ao acréscimo de 0,21% -, em relação ao estoque de assalariados ...



PARABENS. Mas nem tanto assim as oportunidades estão à mostra. Nossa carga tributaria, faz o empresario agonizar enquanto ve os clientes sumirem das vendas.Publicidade é bem-vinda, no entanto na hora de colocar o capital, o empresario pensa milhoes de vezes onde....
 
LUCIANO MARQUES em 14/09/2015 11:10:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions