A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

06/11/2014 19:06

Petrobras anuncia reajuste de gasolina e diesel a partir de amanhã

Eduardo Penedo

O tão esperado reajuste dos combustíveis chegou e vai impactar nos bolsos dos consumidores. A Petrobras anunciou que o reajuste da gasolina será de 3% e do diesel 5% nas refinarias a partir de amanhã (7). As informações foram divulgadas pela Agência Reuteres.

Veja Mais
Governo veta uso do FGTS para financiamento do Minha Casa, Minha Vida
Com menor preço médio do país, litro da gasolina é vendido por R$ 3,09

A diretória da Petrobras vinha pressionando o governo por um reajuste dos preços dos combustíveis, no entanto, o valor para o consumidor pode ser outro.

Durante a maior parte do ano, a estatal enfrentou prejuízos elevados porque comprava diesel e gasolina a preços mais altos no mercado internacional e os vendia por valores menores no mercado doméstico. Desde meados do mês passado, com a forte queda no preço do petróleo no mercado internacional, essa tendência se inverteu e os preços internos dos combustíveis passaram a ser maiores do que os praticados no mercado do Golfo do México.

Na quarta-feira (5), a Petrobras havia anunciado que a orientação de seu Conselho de Administração vinha sendo pela manutenção dos níveis de preços dos combustíveis. "Até o momento, não há data ou percentual definidos para o reajuste no preço da gasolina e do diesel", disse a empresa em comunicado na quarta. "A orientação do Conselho de Administração tem sido pela manutenção dos níveis de preços."

Na terça-feira (4),  Maria das Graças Foster, presidente da estatal, afirmou após reunião de Conselho de Administração da estatal, realizada em Brasília, que o "aumento de combustíveis não se anuncia, pratica-se". O ministro da fazenda, Guido Mantega, também participou da reunião.

No ano passado, houve dois reajustes nos preços da gasolina. O primeiro aconteceu em janeiro, quando a Petrobras reajustou o diesel em 5,4% e a gasolina, em 6,6%. O último ajuste de preço dos combustíveis foi em 30 de novembro do ano passado, quando a Petrobras anunciou aumento médio de 4% na gasolina e de 8% no diesel, nas refinarias. Na época, especialistas calcularam que a alta da gasolina ao consumidor final seria de cerca de 3%.

Reajuste em MS - Segundo a Sinpetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul), o consumidor sul-mato-grossense pode pagar até 8% a mais pelo combustível com o reajuste. O impacto maior do aumento será para os consumidores, já que os postos de combustíveis irão repassar o aumento.

Com isso, o preço médio do litro da gasolina que está em R$ 2,974 em Campo Grande, pode chegar à R$ 3,21, caso o aumento seja de 8%. O preço médio do litro do etanol, por sua vez, que está em R$ 2,062 pode subir para R$ 2,226, com o percentual previsto pelo sindicato.




Ou o pessoal do jornal tá perdido ou o governo é desgraçado mesmo, ontem havia uma noticia da Petrobras dizendo que ela aconselhava os postos a não aumentarem os preços de combustível no país, e hoje sai que A PETROBRAS tá aumentando o preço dos combustíveis....?
 
Max em 07/11/2014 09:04:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions