A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Setembro de 2016

30/07/2015 17:38

Postos reajustam preço da gasolina em 16% e litro já custa até R$ 3,39

Mariana Rodrigues
Os postos reajustaram nesta quinta-feira o valor do combustível. (Foto: Vanessa Tamires)Os postos reajustaram nesta quinta-feira o valor do combustível. (Foto: Vanessa Tamires)

Depois do preço do litro da gasolina chegar a R$ 2,88 na segunda-feira (27), os postos de combustível de Campo Grande começaram a reajustar o preço do derivado do petróleo. A partir de hoje o consumidor vai pagar em média R$ 3,30 pelo litro da gasolina ou seja, 16% mais caro do que no começo da semana.

Veja Mais
Gasolina e etanol baratos. Mas preços nos postos mostram diesel caro no MS
Preço da gasolina em MS é o terceiro mais barato do país, mostra ANP

No Posto Taurus, localizado na Rua 26 de Agosto, os preços serão reajustados no final da tarde desta quinta-feira (30). Por enquanto permanece o preço antigo, que segundo a gerente, seria uma competição entre os postos para não perder cliente. "O preço vai subir para R$ 3,38 que é o preço normal do litro do combustível", conta.

No Posto Ipiranga, na Avenida Calógeras, os preços também foram reajustados hoje. De R$ 2,88 o litro saltou para R$ 3,39. Ainda na área central, na Rua 13 de Maio esquina com a Maracaju, o preço vai para para R$ 3,39, porém o gerente diz que esse valor vai permanecer e não deve aumentar mais que isso.

Localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, o Posto Trokar já estava com preço mais altos do que a maioria dos outros postos da Capital. Segundo o gerente que não quis se identificar, o valor de R$ 3,19, vai sofrer ajustes, porém ainda não há previsão para que isso ocorra. Quem for abastecer ali vai pagar R$ 3,34 no litro do combustível.

Conforme o gerente informou, neste mês, por conta das férias escolares, o posto sofreu com uma queda no número de clientes, ele conta que antes o posto abastecia por volta de 15 mil litros de gasolina por dia, e neste mês abasteceu entre 300 e 350 mil litros por mês.

Segundo os gerentes dos postos de combustíveis, os preços voltaram ao normal após uma promoção. (Foto: Vanessa Tamires)Segundo os gerentes dos postos de combustíveis, os preços voltaram ao normal após uma "promoção". (Foto: Vanessa Tamires)

Promoção - Em todos os quatro postos visitados pela reportagem do Campo Grande News, os gerentes se limitam a falar que o valor antigo era apenas uma "promoção", uma forma de atrair os clientes, já que a gasolina teve reajuste de 3% em novembro de 2014, e os preços deveriam se manter em R$ 3,49.

Um dos gerentes relatou que a "promoção" que durou mais de um mês, era uma "briga de preços" entre os donos de postos, porém como o combustível estava sendo repassado para o consumidor por um preço muito mais baixo, R$ 2,88, eles deveriam compensar nas vendas.

"Esses postos que estavam vendendo o combustível por R$ 2,88 estavam vendendo 400 mil litros por mês, mas para lucrar eles teriam que vender 600 mil litros/mês, e isso não estava acontecendo", conta.

Porém, mesmo com o nivelamento de preços praticado pelos postos, no MPE (Ministério Público Estadual) não há nenhuma investigação sobre o preço de combustíveis ou prática de cartel no Estado.

Conforme noticiado no começo da semana pelo Campo Grande News, o supervisor técnico do Sinpetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul), Edson Lazaroto, alertou que o preço da gasolina voltaria a subir. "Depois das férias, a tendência dos preços é voltar a normalidade, não com o valor total, mas com o que estávamos acostumados a ver entre R$ 3,12 a R$ 3,19", destaca Lazaroto.

Hoje a reportagem entrou em contato com a assessoria do Sinpetro, que se recusou a falar sobre o preço da gasolina, segundo eles, esse assunto cabe aos donos dos postos de combustíveis.




Para acabar com esse preço é simples......todo mundo de bicicleta meu povo! Vai vender gasolina para quem? Facil....Facilll
 
HPB em 31/07/2015 12:33:38
Para quem não conhece, o governo do estado é quem reajusta a pauta dos combustíveis, juntando com a ganância e o cartel dos postos, resulta nesses reajustes absurdos. Não houve nenhum reajuste dos combustíveis ultimamente, tal qual ocorreu em Goiânia, Campo Grande copiou.
 
Gilson em 31/07/2015 10:48:01
E daí petezada, vocês que votaram na Dilmentira estão felizes agora? Beeeem feeito !
 
Barbarossa em 31/07/2015 10:33:21
aqui no interior ta 3,65 ja faz muito tempo
 
MARTINS em 31/07/2015 10:11:05
Todos os postos subiram os preços no mesmo dia. O valor é de aproximadamente R$ 3,40. Que coincidência!!???
Postos de combustíveis dominados por alguns grupos.
Isso é cartel sim.
Cadê o Ministério Público????
 
Paul em 31/07/2015 09:37:16
PARABÉNS, BRASIL!!! Que continuemos nesse marasmo e falta de coragem de unir forças contra esse bando de ladrões engravatados!!! Passeatas!!!??? Vamos para as ruas!!!??? Pra quê? O que muda? Se não agirmos nada mudará!!! BALA NA CABEÇA!!!
 
Carlos Cesar Seco em 31/07/2015 09:32:06
Isso é um absurdo, Brasil é um lixo de país, onde todos roubam e roubam, população fica pra ultimo plano, vergonha de ser brasileiro, continuem votando no PT cambada de favelados, trocando sua vida por pão e água.
 
japa em 31/07/2015 09:31:25
Todos os postos subiram para 3,30 Reais

Isso é Cartel !!!

Só vai vender aquele que tiver a gasolina mais barato
 
wild em 30/07/2015 22:16:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions