A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Setembro de 2016

19/01/2015 13:00

Preço de material escolar varia até 800% em papelarias e livrarias

Viviane Oliveira
Segundo o Procon, dá para economizar pesquisando os preços. (Foto: Marcelo Calazans) Segundo o Procon, dá para economizar pesquisando os preços. (Foto: Marcelo Calazans)

A diferença nos preços de material escolar chega a 800% nas papelarias e livrarias de Campo Grande. Dentre os 10 itens pesquisados, o apontador de plástico simples varia entre R$ 0,10 e R$ 0,90, conforme pequisa feita pelo Procon (Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor).

Veja Mais
Pesquisar produtos é alternativa para economizar com materiais escolares
Lista de materiais coletivo é proibida e Procon está atento à denúncias

Na lista dos mais caros estão ainda a caneta marca texto, com variação de preços de 475%. Em uma livraria o item foi encontrado por R$ 0,97 e em outra por R$ 2,30. Outro item indispensável na mochila dos pequenos, a cola bastão foi encontrada com variação de preço de 379%, papel almaço e régua com diferença de 300%.

Os pais devem ficar atentos também com variação de preço dos cadernos, cujo os preços de um estabelecimento para o outro variam 100%. O caderno universitário espiral capa dura de 200 folhas foi encontrado por R$ 5,95 em uma papelaria e na outra por R$ 11,60.

Outro item que pesa no bolso dos pais é o caderno brochurão 80 folhas de personagem que foi encontrado por R$ 2,50 em uma loja e R$ 10,90 na outra. A borracha branca, também de personagem, custa R$ 0,40 em um estabelecimento e em outro custa R$ 1,70, o que significa uma variação de preço de 325%.

Também não pode faltar na compra de material para as crianças, o lápis de cor, que custa R$ 2,40 em uma papelaria e R$ 10,80, em outra, oque representa a diferença de 350%. Os pais devem ficar atentos e pesquisar, pois é possível economizar e comprar produtos de qualidade. O papel de presente, por exemplo, varia 600% de um lugar para outro. O item foi encontrado a 0,20 em um local e em outro por R$ 1,40.

O levantamento foi feito com base em uma lista de 139 itens nos dias 9 e 11 de janeiro nas papelarias Livromat, São Paulo, Shop Tudo, Moderna e Lê. De acordo com o Procon, na Zornimat foi encontrado maior número de produtos com os preços mais baixos. Foram 44 itens com o menor preço e 19 com maior preço. A livraria Lê continha apenas dois materiais com menor preço e 46 com preços mais altos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions