A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

03/11/2015 11:44

Reajuste passa a valer e etanol é vendido com variação de R$ 0,25

Liana Feitosa
Aumento foi anunciado pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) no final do mês passado é válido para todo Mato Grosso do Sul. (Foto: Marcos Ermínio)Aumento foi anunciado pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) no final do mês passado é válido para todo Mato Grosso do Sul. (Foto: Marcos Ermínio)

Desde o dia 1º postos de combustíveis de Campo Grande estão autorizados a reajustar preços nas bombas, mas ainda é possível encontrar valores não modificados. Por causa disso, o consumidor vai encontrar variação, com diferença de até R$ 0,25 no valor do etanol e de R$ 0,30 no preço do litro da gasolina.

Veja Mais
Até setembro deste ano, etanol vendeu 63% a mais do que no ano passado
Etanol sofre reajuste em novembro e perde competitividade para gasolina

O aumento foi anunciado pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) no final do mês passado é válido para todo Mato Grosso do Sul. Com isso, o preço do litro do etanol sobe 7,5%, perdendo competitividade em relação à gasolina.

Segundo o conselho, o biocombustível será comercializado a R$ 2,48 e, a gasolina, a R$ 3,49. A mudança também vale para o diesel comum, que passa a custar R$ 2,99 e, para o diesel S10, que sobe para R$ 3,11.

No entanto, entre os seis postos do Centro da capital verificados pelo Campo Grande News nesta terça-feira (3), o preço do litro do etanol chegou ao máximo de R$ 2,59, acima do estipulado pelo conselho, contra o valor mínimo de R$ 2,34. Já a gasolina, foi encontrada a R$ 3,49, contra o preço mínimo de R$ 3,19.

Para o vendedor Ebert Gonzaga, não compensa investir no etanol a não ser que o biocombustível esteja de R$ 1 a R$ 1,10 mais barato que a gasolina. "Se não for assim, não abasteço com etanol, mas isso é uma sacanagem. Criam incentivos para que a gente compre carro flex, mas depois sobem o preço do etanol, assim não compensa", afirma.

O biocombustível mais caro foi cotado em um posto de combustíveis da rua 26 de Agosto com a avenida Calógeras, com etanol a R$ 2,59 e gasolina já no novo valor: R$ 3,49.

Para o vendedor Ebert Gonzaga, não compensa investir no etanol a não ser que o biocombustível esteja de R$ 1 a R$ 1,10 mais barato que a gasolina. (Foto: Marcos Ermínio)Para o vendedor Ebert Gonzaga, não compensa investir no etanol a não ser que o biocombustível esteja de R$ 1 a R$ 1,10 mais barato que a gasolina. (Foto: Marcos Ermínio)

Já o valor mais barato foi verificado em um posto localizado na avenida Fernando Corrêa da Costa com a rua 13 de Maio, onde o etanol custa R$ 2,34 o litro e, a gasolina, R$ 3,19.

A diarista Elir Cristaldo, de 68 anos, raramente abastece com etanol porque, segundo ela, o rendimento do carro cai muito com o biocombustível. "Como ando grandes distâncias, já que moro no Vila Ipiranga e trabalho no Carandá, acho desvantagem abastecer com etanol, ainda mais ele ficando mais caro", avalia.

No Estado, o consumo de etanol hidratado de janeiro a setembro deste ano foi maior do que todo o volume comercializado em todo o ano de 2014. Até setembro foram vendidos 175 milhões de litros do combustível, sendo que a soma de todo o ano passado foi de 156 milhões de litros.

O resultado positivo se deve, segundo à ANP (Agência Nacional do Petróleo), ao preço vantajoso do etanol em comparação com a gasolina. Com o aumento do biocombustível, no entanto, a vantagem diminui. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions