A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

03/01/2013 13:17

Saldão em lojas de eletrodomésticos atrai clientes e provoca fila

Paula Vitorino
Clientes formaram fila em frente a loja Romera. (Foto: Rodrigo Pazinato)Clientes formaram fila em frente a loja Romera. (Foto: Rodrigo Pazinato)
Ofertas atrem consumidores. (Foto: Pedro Peralta)Ofertas atrem consumidores. (Foto: Pedro Peralta)

O saldão nas principais lojas de eletrodomésticos já atrai clientes nas lojas do Centro de Campo Grande. Hoje, o início do saldão na loja Romera causou fila de consumidores que queriam ser os primeiros a conferir os preços.

Veja Mais
Segurados do INSS tem até o dia 31 para fazer a prova de vida no banco
No último domingo antes do Natal, famílias vão ao Centro para passear

“Vi a propaganda e resolvi chegar cedo. Espero economizar 50% pelo menos. Já olhei as promoções de outras lojas e esperei pra conferir aqui como vai estar”, diz a primeira da fila da loja na esquina da 14 de Julho, Itamara dos Santos, de 24 anos. Ela chegou às 6h30 para esperar até às 10h, quando estava marcado para começar o saldão.

A dona de casa Maria Aparecida Esteca, de 49 anos, enfrentou a fila e os três sobrinhos para aproveitar o saldão. “Cheguei umas 9h. Quero comprar jogo de cozinha, fogão e geladeira”, diz.

Ela esperava a filha chegar antes do início do saldão para cuidar dos sobrinhos, de 5, 4 e 3 anos.

A reportagem apurou que os saldões acontecem desde ontem nas lojas Bahia e City Lar também. Na Romera o saldão começou hoje e vai até sábado. Na loja Magazine Luiza, que realiza saldão responsável por filas formadas ainda na madruga, algumas promoções já são anunciadas, mas a empresa não informou data para o saldão.

Em meio a tantas ofertas, a maioria dos consumidores está atento e já chega nos saldões com a pesquisa de preços em mãos. “Trouxe a pesquisa para poder comparar com os preços das outras lojas e ver se compensa mesmo”, diz um dos primeiros da fila de outra loja Romera, na rua Barão do Rio Branco, o bombeiro Marcelo da Cruz, de 40 anos.

Ele está procurando um ar-condicionado, cafeteira, home theater, batedeira e coifa de parede. “Espero economizar cerca de R$ 1 mil”, diz.

A cliente Ana Jusã Coelho, de 38 anos, também estava atenta aos preços e reclamou para os vendedores que a centrifuga que ela está procurando estava sendo ofertada no saldão pelo mesmo preço do mês passado. “Tá o mesmo preço. Assim eu não vou levar, não é saldão de verdade”, diz.

A condição de pagamento e as ofertas variam entre as lojas. A maioria dos produtos com desconto de até 70% é do mostruário, mas também é possível encontrar produtos de estoque com preço menor.

Veja Também
Segurados do INSS tem até o dia 31 para fazer a prova de vida no banco
Para garantir o recebimento da aposentadoria em 2015, os beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) têm até o dia 31 de dezembro par...
Usuários podem avaliar serviços de aeroportos por meio de aplicativo gratuito
Filas, voos atrasados, festas perdidas e muita indignação. A cena é recorrente a cada fim de ano, quando aumenta o número de pessoas se deslocando pe...
Azul inicia suas operações entre Campinas e Orlando
A Azul Linhas Aéreas Brasileiras iniciou recentemente suas operações entre Campinas e Orlando esta nos Estados Unidos. Em parceria com o Walt Disney ...


Não tinha nada de bom, o que nos é necessário não estava na promoção...somente suplerfluo e desnecessário... tudo engodo...não gostei....
 
Rose Farfan em 04/01/2013 09:53:44
estes saldoes sao mentiras, enganaçao, o mesmo preço antes do natal. Eta Brasil corrupto, Pais sem futuro.
 
luiz alves em 03/01/2013 22:24:16
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions